Número de inadimplentes recua em Caxias do Sul

Dados da Boa Vista SCPC apontam que a cidade reduziu em 13 mil a quantidade de devedores.
Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, Caxias do Sul apresentou redução no número de inadimplentes. Segundo a Boa Vista SCPC, banco de informações de crédito, na comparação com 2019, os devedores passaram de 125 mil para 112 mil.

Na avaliação do economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, quatro fatores contribuíram para este fato. O auxílio emergencial, concedido pelo Governo Federal durante a pandemia. Além disso, as famílias se tornaram mais precavidas economicamente diante das incertezas. Por fim, a redução da taxa Selic permitiu renegociar dívidas, e os bancos concederam adiamento de pagamentos.

A presidente do Sindilojas Caxias, Idalice Manchini, analisou o cenário da cidade. Além disso, falou sobre a reação na geração de empregos na cidade. Em agosto, após cinco meses, apresentou um número positivo no Varejo com 39 vagas. Ela concedeu entrevista ao No Ponto desta sexta-feira (23).

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Dados da Boa Vista SCPC apontam que a cidade reduziu em 13 mil a quantidade de devedores.

Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, Caxias do Sul apresentou redução no número de inadimplentes. Segundo a Boa Vista SCPC, banco de informações de crédito, na comparação com 2019, os devedores passaram de 125 mil para 112 mil.

Na avaliação do economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, quatro fatores contribuíram para este fato. O auxílio emergencial, concedido pelo Governo Federal durante a pandemia. Além disso, as famílias se tornaram mais precavidas economicamente diante das incertezas. Por fim, a redução da taxa Selic permitiu renegociar dívidas, e os bancos concederam adiamento de pagamentos.

A presidente do Sindilojas Caxias, Idalice Manchini, analisou o cenário da cidade. Além disso, falou sobre a reação na geração de empregos na cidade. Em agosto, após cinco meses, apresentou um número positivo no Varejo com 39 vagas. Ela concedeu entrevista ao No Ponto desta sexta-feira (23).

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Estado já perdeu quase 90 mil empregos formais em 2020

Cerca de 88,6 mil vínculos foram encerrados. Número representa redução de 3,5%.
Influenciado pela pandemia e a estiagem, o mercado de trabalho formal no Rio Grande do Sul apresentou uma redução significativa entre os meses de janeiro e agosto. Segundo dados do boletim de trabalho, produzido pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão, 88,6 mil empregos foram encerrados no período.

O documento aponta que os mais prejudicados foram mulheres, trabalhadores menos escolarizados e a população com idade igual ou superior a 50 anos. Já os setores que mais sentiram os efeitos foram Comércio e Serviços.

O pesquisador Guilherme Xavier Sobrinho, um dos responsáveis pelo documento, deu mais detalhes sobre o boletim em entrevista ao No Ponto desta quinta-feira (15. O documento na íntegra você confere AQUI.

(Ouça a entrevista abaixo do título)

Cerca de 88,6 mil vínculos foram encerrados. Número representa redução de 3,5%.

Influenciado pela pandemia e a estiagem, o mercado de trabalho formal no Rio Grande do Sul apresentou uma redução significativa entre os meses de janeiro e agosto. Segundo dados do boletim de trabalho, produzido pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão, 88,6 mil empregos foram encerrados no período.

O documento aponta que os mais prejudicados foram mulheres, trabalhadores menos escolarizados e a população com idade igual ou superior a 50 anos. Já os setores que mais sentiram os efeitos foram Comércio e Serviços.

O pesquisador Guilherme Xavier Sobrinho, um dos responsáveis pelo documento, deu mais detalhes sobre o boletim em entrevista ao No Ponto desta quinta-feira (15. O documento na íntegra você confere AQUI.

(Ouça a entrevista abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Sine Caxias do Sul disponibiliza mais de 120 vagas de emprego a partir desta terça-feira (13)

90 vagas são para preenchimento urgente para trabalho temporário no evento Mercopar
A agência FGTAS/SINE de Caxias do Sul tem 122 vagas de emprego disponíveis em diversos setores. Dentre as vagas ofertadas, 90 são para trabalho temporário nas áreas de segurança, portaria e limpeza no evento Mercopar.

A agência atende de segunda a sexta, das 8h às 14h. Todas as manhãs, ocorre a distribuição de senhas para atendimento referente às vagas de emprego. Nas fichas constam os horários, para não gerar aglomerações. A lista completa com todas as 122 vagas de trabalho está disponível AQUI.

Quanto ao Seguro-Desemprego, o procedimento é feito de forma online pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Caso o cidadão tenha dúvidas ou não consiga realizar o pedido na plataforma, é preciso agendar um horário para o atendimento na própria agência. Os telefones para contato são: (54) 3223-7071 / 3223-0408 / 3215-4900 / 98432-6548.

Confira as vagas para preenchimento urgente:

SEGURANÇA NO EVENTO MERCOPAR : 30 VAGAS

*ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

* EXPERIÊNCIA EM CTPS.

AUXILIAR DE LIMPEZA NO EVENTO MERCOPAR: 30 VAGAS

* ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

* EXPERIÊNCIA EM CTPS.

PORTEIRO NO EVENTO MERCOPAR: 30 VAGAS

* ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

* EXPERIÊNCIA EM CTPS.

90 vagas são para preenchimento urgente para trabalho temporário no evento Mercopar

A agência FGTAS/SINE de Caxias do Sul tem 122 vagas de emprego disponíveis em diversos setores. Dentre as vagas ofertadas, 90 são para trabalho temporário nas áreas de segurança, portaria e limpeza no evento Mercopar.

A agência atende de segunda a sexta, das 8h às 14h. Todas as manhãs, ocorre a distribuição de senhas para atendimento referente às vagas de emprego. Nas fichas constam os horários, para não gerar aglomerações. A lista completa com todas as 122 vagas de trabalho está disponível AQUI.

Quanto ao Seguro-Desemprego, o procedimento é feito de forma online pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Caso o cidadão tenha dúvidas ou não consiga realizar o pedido na plataforma, é preciso agendar um horário para o atendimento na própria agência. Os telefones para contato são: (54) 3223-7071 / 3223-0408 / 3215-4900 / 98432-6548.

Confira as vagas para preenchimento urgente:

SEGURANÇA NO EVENTO MERCOPAR : 30 VAGAS

*ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

* EXPERIÊNCIA EM CTPS.

AUXILIAR DE LIMPEZA NO EVENTO MERCOPAR: 30 VAGAS

* ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

* EXPERIÊNCIA EM CTPS.

PORTEIRO NO EVENTO MERCOPAR: 30 VAGAS

* ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

* EXPERIÊNCIA EM CTPS.

Link para notícia no site Tua Rádio

Demissões na Visate correspondem a cerca de 20% do total de funcionários

Nesta quarta-feira (7), 243 colaboradores foram desligados da empresa.
Ao ser informado que 243 funcionários seriam demitidos nesta semana, o Sindicato dos Rodoviários de Caxias do Sul foi informado pela Visate que, a princípio, novas demissões não devem ocorrer. O advogado do sindicato, João Batista Wolf de Oliveira, explicou que os desligamentos ocorreram com aviso prévio indenizado.

Segundo informações da entidade, o total de funcionários demitidos corresponde a cerca de 20% do quadro de colaboradores da empresa. Alguns estavam incluídos na lei de redução parcial de jornada de trabalho.

A Visate se manifestou somente por meio de nota:

“A VISATE informa, seguindo seus princípios de transparência e prestação de contas à comunidade caxiense, que devido a grande queda na demanda de usuários do transporte público de Caxias do Sul, ocorrida em virtude da pandemia do novo Coronavírus e decorridos seis meses desde o início do Estado de Emergência, o qual continuamos vivendo, infelizmente, precisamos desligar 243 funcionários do nosso quadro, visando ajustar a operação em relação a demanda. Essa redução é absolutamente necessária para a manutenção dos serviços à população, bem como para o reequilíbrio financeiro da empresa. Lamentamos profundamente a situação, mas, é preciso se adaptar para continuar atendendo a comunidade caxiense.”

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Nesta quarta-feira (7), 243 colaboradores foram desligados da empresa.

Ao ser informado que 243 funcionários seriam demitidos nesta semana, o Sindicato dos Rodoviários de Caxias do Sul foi informado pela Visate que, a princípio, novas demissões não devem ocorrer. O advogado do sindicato, João Batista Wolf de Oliveira, explicou que os desligamentos ocorreram com aviso prévio indenizado.

Segundo informações da entidade, o total de funcionários demitidos corresponde a cerca de 20% do quadro de colaboradores da empresa. Alguns estavam incluídos na lei de redução parcial de jornada de trabalho.

A Visate se manifestou somente por meio de nota:

A VISATE informa, seguindo seus princípios de transparência e prestação de contas à comunidade caxiense, que devido a grande queda na demanda de usuários do transporte público de Caxias do Sul, ocorrida em virtude da pandemia do novo Coronavírus e decorridos seis meses desde o início do Estado de Emergência, o qual continuamos vivendo, infelizmente, precisamos desligar 243 funcionários do nosso quadro, visando ajustar a operação em relação a demanda. Essa redução é absolutamente necessária para a manutenção dos serviços à população, bem como para o reequilíbrio financeiro da empresa. Lamentamos profundamente a situação, mas, é preciso se adaptar para continuar atendendo a comunidade caxiense.

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Professor de economia explica o que é o Pix, novo sistema do Banco Central

Professor de Economia da FSG, Gustavo Bertotti também faz um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes
Desde o início desta semana, usuários de todo o Brasil estão cadastrando suas chaves no Pix, novo sistema do Banco Central (BC) para pagamentos instantâneos, ou seja, transferências monetárias eletrônicas na qual a transmissão da ordem de pagamento e a disponibilidade de fundos para o usuário recebedor ocorre em tempo real e cujo serviço está disponível durante 24 horas por dia, sete dias por semana e em todos os dias no ano. As transferências ocorrem diretamente da conta do usuário pagador para a conta do usuário recebedor, sem a necessidade de intermediários.

O Pix estará disponível para a população brasileira a partir de novembro. Em entrevista o programa No Ponto desta quinta-feira (08), o professor de Economia do Centro Universitário da Serra gaúcha (FSG), Gustavo Bertotti, explicou e tirou algumas dúvidas sobre o novo sistema, além de fazer um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Professor de Economia da FSG, Gustavo Bertotti também faz um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes

Desde o início desta semana, usuários de todo o Brasil estão cadastrando suas chaves no Pix, novo sistema do Banco Central (BC) para pagamentos instantâneos, ou seja, transferências monetárias eletrônicas na qual a transmissão da ordem de pagamento e a disponibilidade de fundos para o usuário recebedor ocorre em tempo real e cujo serviço está disponível durante 24 horas por dia, sete dias por semana e em todos os dias no ano. As transferências ocorrem diretamente da conta do usuário pagador para a conta do usuário recebedor, sem a necessidade de intermediários.

O Pix estará disponível para a população brasileira a partir de novembro. Em entrevista o programa No Ponto desta quinta-feira (08), o professor de Economia do Centro Universitário da Serra gaúcha (FSG), Gustavo Bertotti, explicou e tirou algumas dúvidas sobre o novo sistema, além de fazer um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio

BRF reforça contratações de pessoas com deficiência

Esforços para promover a diversidade e a inclusão incluem seleções específicas nas unidades
Como parte de suas iniciativas para promover a diversidade e a inclusão, a BRF ampliou os esforços para contratar pessoas com deficiência. Além de oferecer vagas para a contratação de pessoas com deficiência em todas as unidades no Brasil por meio de um processo seletivo permanente, a companhia abre seleções exclusivas. É o que ocorre neste momento em Lajeado, no Rio Grande do Sul, onde a BRF abriu um processo seletivo com 200 vagas exclusivas para pessoas com deficiência.

A diretora de Gente Operações da BRF, Indiara Manfré, lembra que a contratação de pessoas com deficiência é uma rotina que coloca em prática os princípios da cultura BRF. “Acelerar a inclusão da pessoa com deficiência avança a estratégia da BRF, que tem pessoas como um dos princípios em sua cultura. Entendemos que diversidade enriquece. A BRF, como uma das maiores empregadoras do Brasil, tem o compromisso de ampliar as oportunidades para todos, para todas as diversidades, independentemente de cargos e de local”, ressalta.

Para participar do processo seletivo, os interessados devem se inscrever via meios digitais, através do Portal de Talentos da BR. É desejável que os interessados sejam moradores das cidades sede das unidades ou de municípios vizinhos e que tenham disponibilidade para início imediato. Pessoas com Ensino Fundamental incompleto podem se candidatar. Dentre os benefícios, a BRF oferece salário compatível com o mercado, vale alimentação, vale transporte, refeitório no local e vale compras no mercado BRF.

Os interessados devem se inscrever via brf.com/talentos na vaga Operador de Produção I e procurar a cidade de seu interesse. No processo de cadastramento, devem anexar o laudo médico com as referências sobre o tipo de deficiência. Os candidatos receberão instruções precisas sobre o processo seletivo e datas de ingresso. Em uma das etapas, o pré-selecionado será chamado pela Companhia para uma avaliação ergonômica. O objetivo do teste é verificar em qual área da unidade o colaborador poderá potencializar o seu desempenho, em caso de contratação.

Esforços para promover a diversidade e a inclusão incluem seleções específicas nas unidades

Como parte de suas iniciativas para promover a diversidade e a inclusão, a BRF ampliou os esforços para contratar pessoas com deficiência. Além de oferecer vagas para a contratação de pessoas com deficiência em todas as unidades no Brasil por meio de um processo seletivo permanente, a companhia abre seleções exclusivas. É o que ocorre neste momento em Lajeado, no Rio Grande do Sul, onde a BRF abriu um processo seletivo com 200 vagas exclusivas para pessoas com deficiência.

A diretora de Gente Operações da BRF, Indiara Manfré, lembra que a contratação de pessoas com deficiência é uma rotina que coloca em prática os princípios da cultura BRF. “Acelerar a inclusão da pessoa com deficiência avança a estratégia da BRF, que tem pessoas como um dos princípios em sua cultura. Entendemos que diversidade enriquece. A BRF, como uma das maiores empregadoras do Brasil, tem o compromisso de ampliar as oportunidades para todos, para todas as diversidades, independentemente de cargos e de local”, ressalta.

Para participar do processo seletivo, os interessados devem se inscrever via meios digitais, através do Portal de Talentos da BR. É desejável que os interessados sejam moradores das cidades sede das unidades ou de municípios vizinhos e que tenham disponibilidade para início imediato. Pessoas com Ensino Fundamental incompleto podem se candidatar. Dentre os benefícios, a BRF oferece salário compatível com o mercado, vale alimentação, vale transporte, refeitório no local e vale compras no mercado BRF.

Os interessados devem se inscrever via brf.com/talentos na vaga Operador de Produção I e procurar a cidade de seu interesse. No processo de cadastramento, devem anexar o laudo médico com as referências sobre o tipo de deficiência. Os candidatos receberão instruções precisas sobre o processo seletivo e datas de ingresso. Em uma das etapas, o pré-selecionado será chamado pela Companhia para uma avaliação ergonômica. O objetivo do teste é verificar em qual área da unidade o colaborador poderá potencializar o seu desempenho, em caso de contratação.

Link para notícia no site Tua Rádio