Sede do Daer em São Francisco de Paula será fechada e incorporada à de Bento Gonçalves

Ao todo, seis Superintendências Regionais da autarquia serão fechadas e terão os servidores e as atividades absorvidos por unidades próximas

A Secretaria de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul anunciou que fechará seis das 17 Superintendências Regionais do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Conforme o secretário Juvir Costella, e o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, as ações que serão realizadas em 2021 tem a finalidade de otimizar a estrutura da autarquia e a dar agilidade a obras rodoviárias.

Serão fechadas as sedes de Esteio, Cruz Alta, Cachoeira do Sul, Santiago, Erechim e São Francisco de Paula. Conforme o secretário, elas terão os servidores e as atividades absorvidos por unidades próximas. As demais deverão ser readequadas em escritórios menores. A sede da Superintendência de São Francisco de Paula, na Serra, será incorporada à de Bento Gonçalves.

Além disso, outra medida é a disponibilização dos imóveis das 17 superintendências regionais do Daer em permutas para investimentos em projetos do Estado. Somados, os prédios têm valor estimado em mais de R$ 200 milhões, que podem ser revertidos em obras de pavimentação por meio de parcerias com empresas e outras instituições.

Ouça AQUI o secretário Juvir Costella.

O diretor-geral do departamento aponta que a reestruturação da autarquia é necessária e vai ao encontro das atuais atribuições do órgão.

Ouça AQUI o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino.

Os servidores das superintendências em processo de fechamento terão a situação avaliada individualmente. Eles poderão optar pela aposentadoria ou a relotação em outra regional. A reestruturação do Daer deve ser oficializada em decreto estadual até março.