Polícia Civil de Marau realiza ação de prevenção ao consumo de drogas

Polícia Civil de Marau realiza ação de prevenção ao consumo de drogas

Através das redes sociais delegado alerta sobre possíveis golpes

A Polícia Civil de Marau tem focado seus esforços no trabalho de prevenção. Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, o delegado Norberto Rodrigues, destacou o programa “Papo de Responsa”, que deve desenvolver ações nas escolas de Marau e dos demais municípios de abrangência da Delegacia – Vila Maria, Camargo, Gentil e Nicolau Vergueiro – buscando a conscientização de crianças e adolescentes sobre o uso de drogas e práticas de violência e bullying, evitando assim, que tais atos sejam cometidos.

O programa tinha previsão de início para o começo do ano 2021, porém, devido aos protocolos de prevenção a Covid – 19 foi necessário adiar o trabalho. Agora, com os alunos retornando ao ensino presencial, a Polícia Civil já se prepara para as visitações e palestras nas escolas. De acordo com o delegado, a melhor abordagem é a prevenção, trabalhando estes temas desde a infância, aponta ele, teremos grandes resultados a longo prazo, evitando que crimes aconteçam.

Golpes

Outro destaque é a prevenção de golpes, de acordo com o delegado, com a chegada da pandemia, muitos serviços passaram a ser prestados de forma online, o que, de certa forma, tornou mais fácil o trabalho dos estelionatários. Através das redes sociais, a Polícia Civil tem alertado sobre os golpes mais comuns, como evitá-los e como procurar ajuda. A orientação principal é o contato com a polícia, seja para tirar alguma dúvida ou fazer uma denúncia.

De acordo com o delegado, o chamado “Golpe dos Nudes” tem sido uma das maiores preocupações, principalmente pela falta de denúncias. Muitas vezes, explica ele, quando as pessoas sentem vergonha ou têm medo do julgamento e constrangimento e por isso não denunciam. Nesses casos, aponta Norberto, a polícia age com total sigilo das informações, sem divulgação de casos e de nomes.

No caso de golpes transfere transferências bancárias, principalmente relacionadas ao Pix, a orientação é prestar atenção nos dados da pessoa que está solicitando o dinheiro, conferir nome e se possível documentos que comprovem que aquela realmente é a conta do familiar ou amigo, que critério solicitado o dinheiro. Outra dica importante, é tentar entrar em contato com a pessoa, se não presencialmente, por chamada de voz ou vídeo.