PC desencadeia operação contra organização criminosa comandada de dentro do presídio

Ao todo, 11 pessoas são investigadas pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e estelionato

Na manhã desta sexta-feira, 50 / , a Polícia Civil deflagrou uma Operação Caged em Passo Fundo, com objetivo de organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas, estelionato e lavagem de dinheiro. A operação foi desencadeada pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas – Draco, com apoio da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e da Susepe, uma Superintendência de Serviços Penitenciários, sob coordenação do Delegado Diogo Ferreira. Iários )

Conforme a investigação, que inicia em fevereiro de 2020, a líder da organização criminosa é um detento do regime fechado, recolhido no Presídio Regional de Passo Fundo desde setembro de 2019. Ao todo, 11 pessoas são investigadas pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e estelionato. Durante o trabalho investigatório, foram identificados contas bancárias de laranjas utilizadas pelo detento líder, para lavar o dinheiro dos crimes. Nesta manhã foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, bloqueio de contas dos investigados e laranjas, indisponibilidade de quatro imóveis dos investigados (residências de médio e alto padrão e chácara).

Também foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e duas prisões em flagrante por tráfico de drogas. Ainda foram apreendidos 150 comprimidos de ecstasy, um quilo de cocaína escama de peixe (prejuízo de mais de R $ 50 mil reais), dinheiro – inclusive dólares, duas balanças de precisão, calculadora, jóias, um veículo e receitas médicas de uso controlado em branco, mas com carimbo do médico. Ainda foram apreendidos diversos objetos / equipamentos de esportes radicais emitidos em mais de R $ 100 mil reais.

Fonte: Polícia Civil

intranet/userfiles/noticias/1411196c612451d5feb694763db6eb87.mp3