Operação Resguardo atende cerca de 51 mil mulheres vítimas de violência no Estado neste ano

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul participa de uma ação nacional de combate a crimes de violência contra uma mulher, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública por meio da Secretaria de Operações Integradas.

Na ação que ocorreu nesta segunda-feira (03/08), Dia Internacional da Mulher, foram cumpridos no Estado 39 mandados de busca e apreensão, 14 suspeitos foram presos preventivamente, uma arma foi apreendida, medidas protetivas de urgência verificadas e 32 denúncias atendidas. A ação gaúcha da Operação Resguardo conta com 84 agentes em 30 viaturas.

A Operação Resguardo, que começou em janeiro deste ano, ocorre simultaneamente nos 26 Estados e no Distrito Federal. Desde o início de 2021, a Polícia Civil do RS já apurou 615 denúncias, concluiu 5,8 mil inquéritos policiais, cumpriu 93 mandados de prisão e 244 mandados judiciais. Cerca de 51 mil mulheres vítimas de violência foram atendidas desde então 180 agressores foram presos no Estado. Ao todo, 1. 072 policiais civis participaram das ações neste período, com 300 viaturas empregadas na ofensiva.

O chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, destacou o empenho dos policiais civis gaúchos e a integração da força-tarefa nacional. “Esta é talvez a maior operação com essa temática e essas ações são essenciais para a redução nos índices de violência contra a mulher. Quero agradecer a todos os agentes das Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher do Estado e estender meu reconhecimento aos colegas das demais delegacias que também se engajaram para esta grande operação ”, acrescentou.