Operação Agro realizada pela Polícia Civil e Brigada Militar combate crimes rurais na região de Lagoa Vermelha

Nesta quinta-feira (18) foi desencadeada a Operação Agro, combate os crimes em áreas rurais dos municípios da região. A ação simultânea em diversos municípios da área de responsabilidade do 10 º Batalhão de Polícia Militar.

Na área da 3ºCia da Brigada Militar além dos policiais militares de Lagoa Vermelha, Caseiros, Capão Bonito do Sul e Ibiraiaras uma operação contou ainda com a participam de Policiais Civis de Lagoa Vermelha. Diversas viaturas efetuaram ações de barreiras e patrulhamento ostensivo em estradas rurais dos municípios da região.

Objetivo da operação de coibir crimes ligados à área rural dos municípios com ações de identificação de pessoas e veículos que transitam pelo interior. A presença das mensagens policiais também leva mais segurança aos moradores de diversas comunidades do interior.

A ação realizada em conjunto pela Brigada Militar e Policia Civil também ressalta a importância da união de todos os setores da comunidade em busca de maior segurança, seja na área urbana ou rural.

O 1º Tenente Paiz, comandante dos 1º e 2º pelotões da 3ª Cia, ressaltou a preocupação que a Brigada Militar tem em estar presente, através do patrulhamento ostensivo, também nas comunidades do interior para que os moradores locais antes de suas atividades de forma mais tranquila, sabendo que podem contar com a presença Brigada Militar.

O Delegado Falcão, chefe da Seção de Investigação da Polícia Civil de Lagoa Vermelha, ressaltou a importância de ações conjuntas entre as entidades para coibir crimes ligados ao meio rural, podendo levar a todas as comunidades do interior a segurança de segurança necessária para famílias que ali residem.

Na mira desta operação estavam crimes de abigeato, furtos de defensivos, roubos a propriedades rurais e outros. Uma operação agro mobilizou efetivo nos 24 municípios da área de cobertura do 10 ºBPM e tem como objetivo o patrulhamento das principais estradas rurais e comunidades dos municípios. Operações, como a hoje, devem prosseguir em toda a região.