Desrespeito às normas de trânsito e excesso de velocidade são os principais causadores de acidentes de trânsito na região

desrespeito-as-normas-de-transito-e-excesso-de-velocidade-sao-os-principais-causadores-de-acidentes-de-transito-na-regiao

Comandante do 1 ° Batalhão Rodoviário da Brigada Militar fala sobre as ocorrências atendidas no último mês

O mês de maio é sempre marcado pelas diversas campanhas de conscientização e prevenção aos acidentes de trânsito, em 2021, porém, o que chamou a atenção foi justamente o sequências dessas ocorrências. Por mais que o trabalho de fiscalização e orientação foi realizado pelos órgãos de segurança, algumas situações fogem do controle e dependência da responsabilidade dos condutores. Como explica, Major Marcelo Rovani, comandante do 1º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, a maioria dos acidentes registrados neste período foram motivados pelo desrespeito às normas de trânsito, excesso de velocidade e embriaguez, além de casos envolvendo o uso de celular.

Atropelamentos, colisões, tombamento de veículos e ocorrências de pista foram algumas das ocorrências atendidas no mês de maio, que resultaram em danos materiais, lesões leves, lesões graves e até em vítimas fatais. De acordo com o Major Rovani, na nossa região, especialmente na ERS – 324, trecho entre Marau e Passo Fundo, a ocorrência de tombamento de carretas e caminhões é elevada. Isso acontece, em parte, pelas condições da via. Segundo Rovani, a região possui curvas muito acentuadas e com acostamento pequeno, o que dificuldade a realização de manobras e desvios, quando necessário. O grande número de caminhões que trafegam no local, também deve ser levado em consideração.

No caso dos caminhoneiros, há uma preocupação especial em relação ao uso de medicamentos e drogas como o “rebite”, uma mistura de anfetamina, cocaína e cafeína, usada para combater o sono, mas que pode gerar outros prejuízos , principalmente a falta de atenção. Embora a prática não seja muito comum no estado, explica Rovani, a orientação é válido para que as rodovias gaúchas sigam sem essa preocupação.

Além do trabalho de prevenção aos acidentes o 1 ° Batalhão segue realizando o combate a criminalidade nas rodovias, apreendendo materiais de contrabando, identificando pessoas foragidas do sistema prisional, identificando veículos clonados e / ou furtados, entre outras ações que ações garantem mais segurança a quem trafega pelas rodovias da região.