Vacina esteve como chances de contaminação pelo vírus HPV

Vacina esteve como chances de contaminação pelo vírus HPV

Doses são ofertadas pelas Redes Públicas e Privadas de Saúde

O HPV – Papiloma Vírus Humano é um dos principais responsáveis ​​pelo câncer do colo do útero , câncer vaginal e de vulva e câncer de pênis, para os homens. A infecção que preocupa o público jovem e adulto tem prevenção e início desde a infância, com a aplicação da vacina HPV Quadrivalente. Sobre o assunto, conversamos com uma enfermeira e proprietária da clínica Companhia da Vacina, Alexandra Dull, e com a técnica de enfermagem, Maristela Xavier.

A vacina é ofertada pelo SUS – Sistema Único de Saúde para meninas entre 9 e 14 anos e meninos entre 11 e 14 anos, ambos incorporam duas doses no intervalo de seis meses. Na rede privada como doses podem ser aplicadas em mulheres de até 45 anos e homens de até 26 anos. Como explica Alexandra, o uso de preservativo feminino ou masculino e a realização regular do exame preventivo também são métodos importantes de prevenção.

De acordo com Maristela Xavier, a transmissão do vírus pode acontecer durante a relação sexual, contato com pele ou mucosas infectadas ou ainda, de forma mais esporádica, pelo contato com objetos contaminados. Ela ainda reforça que o público jovem, em especial os adolescentes, são mais propensos à infecção. Como as chances de contrair o vírus diminuem com a passar da idade, porém, as medidas de prevenção não devem ser seguidas.