UCS abre vagas para candidatos da área da saúde em estudo da prevalência da Covid-19 no RS

São ofertadas para atuação na aplicação de questionário e do teste rápido de detecção do vírus em habitantes de Caxias do Sul. Inscrições padronizadas até o dia 28 de janeiro

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) inicia nesta semana a seleção de candidatos para participar da 9ª etapa da pesquisa “Evolução da Prevalência de Infecção por COVID – 19 no Rio Grande do Sul: Estudo de Base Populacional – EPICOVID – 19 ”. As inscrições são para estudantes e profissionais e seguem até a próxima quinta-feira (28 / 19 / ). A pesquisa ocorre de 5 a 8 de fevereiro. (inscreva-se AQUI )

Os interessados ​​devem cumprir alguns pré-requisitos: ser aluno de instituição de ensino superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), matriculado em curso da área da saúde, especialmente àqueles que desenvolvem competência no cuidado de pacientes, e profissionais do ramo (Enfermagem, Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Farmácia, Biomedicina, Odontologia, Ciências Biológicas e Educação Física). São ofertadas vagas para atuação na aplicação de questionário e rápido de detecção do vírus em habitantes de Caxias do Sul.

Conforme a professora de educação física da instituição e uma das coordenadoras desta fase do estudo, Eliete Maria Scopél, os alunos acadêmicos estar matriculado a partir do quarto semestre, além de todos necessitarem da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para se deslocarem até a casa dos pesquisados. Ela informa que a divulgação da lista de selecionados, que serão treinados e orientados, ocorre no dia 29 de janeiro, no site da UCS.

Eliete explica que mais de 30 os profissionais serão mobilizados para o estudo. A UCS espera receber 250 a 300 testes rápidos para aplicar na população. Ela pede que a comunidade receba os pesquisadores em suas residências, pois será tomados todos os cuidados preventivos contra a Covid – 19. Os voluntários estarão com os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para evitar a disseminação do vírus.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Entenda o estudo

Coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e desenvolvimento regionalmente pelo Instituto Pesquisas de Opinião (IPO), o estudo investiga a disseminação do novo coronavírus na população do Estado. A intenção é avaliar a prevalência de pessoas infectadas, medir a velocidade de expansão para contágio na população e determinar o percentual de infectados sem sintomas no RS. Caxias do Sul é uma das cidades selecionadas para a pesquisa populacional, trabalho realizado com o apoio da UCS em questões logísticas e de seleção de candidatos.