Secretaria da Saúde garante que não foram aplicadas vacinas vencidas na população caxiense

secretaria-da-saude-garante-que-nao-foram-aplicadas-vacinas-vencidas-na-populacao-caxiense

Em nota, a pasta afirmou que realizada a conferência dos dados publicação da reportagem da Folha de S. Paulo que afirmou que cidade brasileira antes administrado imunizantes com dados expirada

A Secretaria de Saúde (SMS) de Caxias do Sul emitiu uma nota no final da tarde desta sexta-feira (02) informando que o município não aplicou vacinas contra a Covid – 19 vencidas.

O esclarecimento foi dirigido à população após a publicação da reportagem do jornal Folha de São Paulo que diz que 1. 532 Os municípios brasileiros apresentam doses de AstraZeneca com a validade expirada.

Conforme a pasta, todas as doses aplicadas são necessárias no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, que é o banco de dados oficial do Ministério da Saúde e local de onde o município extrai o banco de dados dos seus vacinados.

A SMS afirmou que realizou uma pesquisa no sistema em relação aos dois lotes originados na reportagem e que, segundo o texto, sido definido com atraso até o dia 19 de junho: 4120 Z0 05 (validade 14 / 04 / 21) e CTMAV 520 ( validade 31 / 05 / 2021). Uma pesquisa realizada pela SMS confirma que nenhuma pessoa aprovada com dados de validade vencida, conforme dados até o dia 23 de junho.

A nota também diz que é realizado um controle rigoroso dos imunizantes recebidos e que as vacinas são conferidas e aplicado logo após a entrega ao Município. O registro de cada aplicação consta na carteirinha de vacinação da população e, entre os cuidados tomados está o controle de validade, o correção correta e a aplicação das doses dentro do prazo de imunizante, com o objetivo de garantir a segurança e a eficácia da vacina.