Secretaria da Saúde emite alerta sobre fake news que relaciona mamografia com o surgimento do câncer de mama

Secretaria se manifestou em nota após relatos de pacientes que viram o boato nas redes sociais

A circulação de notícias falsas nas redes sociais, associando o exame de mamografia ao possível aparecimento de câncer de mama preocupa os médicos e especialistas da área. Para alertar a população sobre a gravidade da informação que é inverídica, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul emitiu uma nota de esclarecimento afirmando que esses relatos que circulam nas redes sociais, de que a pressão gerada pelo aparelho sobre a mama poderia contribuir para o surgimento da doença, são totalmente falsos.  

Segundo o Diretor do Núcleo de Atenção à Saúde da Mulher da SMS, Fernando Vivian, muitas pacientes começaram a demonstrar preocupação ao fazer o exame devido ao que aponta o boato. Vivian também refirma que a mamografia é um recurso utilizado no mundo todo e recomendado pelos profissionais da saúde.

O diretor ainda completa que o compartilhamento dessa informação gera um problema muito grave para a saúde pública. “Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), a cada ano se descobre 60 mil novos casos só no Brasil.  Então, quando a gente está tão envolvido nessa batalha contra o câncer de mama e você se depara com uma bomba dessas, que vai na contramão do que os cuidadores da saúde falam, isso traz um prejuízo para a sociedade”.    

A Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda a mamografia para todas as mulheres acima dos 40 anos. O exame está disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é a principal forma de realizar o diagnóstico precoce do câncer, aumentando as chances de cura. 

Ouça no link acima da foto

Link para notícia no site Tua Rádio