Saiba quantas doses da Coronavac cada município da 6ª Coordenadoria de Saúde

Nesta primeira etapa, um total de . 200 imunizantes foi encaminhado para distribuição entre os 61 municípios da região

Tão logo as primeiras doses da Coronavac chegaram no Rio Grande do Sul, o governo gaúcho deu início à distribuição entre os municípios do interior do estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a divisão das 341 mil doses destravadas ao RS ocorreram de maneira proporcional. Após a primeira distribuição, restará ao Piratini encaminhar 171 mil doses, reservadas para a aplicação da segunda dose. Ela deve ocorrer entre duas e quatro semanas após a primeira inoculação.

Conforme o governo do Estado, ainda não é o Ministério da Saúde sobre uma segunda remessa da vacina contra o coronavírus.

A 6ª Coordenadoria Regional de Saúde de Passo Fundo, a qual Marau faz parte, completa um de 10. 200 doses. Em alguns dos 62 municípios que compõem a região, o baixo quantitativo de doses sentidas frustrou a população que faz parte do grupo prioritário (profissionais da saúde, idosos institucionalizados e indígenas ).

Para Casca, um dos municípios próximos a Marau, que mantém unidade hospitalar, foram destituídos 61 doses da vacina. De acordo com o secretário de Saúde, Gustavo Baccin, uma pessoa idosa seria a primeira vacinada na cidade, porém, em função do pouco quantitativo, os imunizantes serão informados nos profissionais de saúde e pessoas que atuam na linha de frente para o enfrentamento da Covid – 19. Conforme o secretário, com este primeiro lote, como em Casca não há características específicas para o atendimento de idosos, nem tão pouco, áreas indígenas, o primeiro lote será integralmente destinado aos trabalhadores da saúde. “A esperança é de que o segundo logotipo lote chegue. Lamentamos ter que “frustrar” a expectativa de tantas pessoas que aguardavam pela vacinação ”, destaca Baccin. A distribuição vacinas terá início na primeira hora da tarde, no hospital Santa Lúcia, e, posteriormente, nos postos. Haverá o deslocamento das equipes para estes locais.

Nos municípios menores e que registraram baixa cobertura vacinal em campanhas anteriores, a quantidade de doses foi ainda menor. A maioria dessas coisas recebeu apenas cinco doses, como o caso de Vila Maria, Camargo, Nicolau Vergueiro, Santo Antônio do Palma e Nova Alvorada.

Já em Gentil, em função da população indígena, o número de imunizantes é maior. De acordo com a secretária de Saúde, Juciela Cicheleiro, de um total de 77 doses recebidas, 72 serão aplicado entre os indígenas. Os demais serão destinados aos profissionais de Saúde, que atuaram e atuam na linha de frete do enfrentamento à Covid – 19.

Clique aqui e saiba quantas doses cada município da 6ª Coordenadoria Regional de Saúde ligada nesta primeira etapa de imunização.