Quase metade dos sintomáticos suspeitos de covid-19 em Caxias não comparece para teste PCR

quase-metade-dos-sintomaticos-suspeitos-de-covid-19-em-caxias-nao-comparece-para-teste-pcr

Exame é recomendado em todos os casos em que o teste rápido da pessoa com sintomas de negativo.

O alerta foi feito pela Secretaria da Saúde de Caxias do Sul, um o alto índice de pessoas sintomáticas que não realiza o teste PCR, podendo também estar descumprindo o isolamento indicado e espalhando o vírus da covid – 19. Em julho, 40% dos pacientes que agendaram o PCR não compareceram. Em maio e junho, o índice chegou a 70%. O teste PCR é necessário para todas as pessoas que têm sintomas e cujo teste antígeno (teste rápido) apontar resultado negativo.

Todas as pessoas com, pelo menos, dois sintomas fazem boletim de teste de antígeno (teste rápido), disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Caso o resultado seja negativo, é necessária a realização do teste PCR para confirmar o diagnóstico do paciente que tem sintomas. Ele é orientado e permanecerá em isolamento até o resultado do novo exame para evitar a disseminação do vírus.

O PCR é agendado pelas equipes das UBSs e precisa ser feito nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Central ou Zona Norte. O paciente recebe orientação da dados e horário em que deve comparecer e também um atestado para que inicie o período de isolamento. De acordo com Anelise Kirsch, infectologista do Controle de Infecção Municipal, o número de falso-negativo no teste rápido é grande. Isso acontece porque muitas vezes as células coletadas são menores e não aparecem durante o exame. Ela explica que o PCR, por ser mais específico, possui uma técnica mais elaborada, e procura pelo material genético do vírus a nível molecular.

Anelise também destaca que muitas pessoas sintomáticas que não fazem o segundo exame podem estar descumprindo as orientações de isolamento e retornando ao trabalho por se basearem no resultado negativo do exame antígeno, correndo o risco de contaminar outras pessoas.

O teste antígeno está disponível em todas as UBSs, inclusive em São Vicente, que é referência para casos suspeitos de cobertura – 19. Como UBVs Centenário, São Ciro, Cristo Operário e Alvorada, que atuam temporariamente como Unidades Básicas Vacinadoras, não ofertam o teste.

Pessoas que apresentarem pelo menos dois dos seguintes sintomas devem procurar uma UBS para fazer o teste: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, secreção nasal, perda de paladar ou olfato, diarreia. Em idosos observam-se também desmaios, sonolência excessiva, confusão mental e fraqueza. Já em crianças é importante observar constipação nasal e batimento das asas do nariz (alargamento e abertura das narinas durante a respiração). Os exames têm eficácia entre o primeiro e 8º dia de sintomas.