“O setor teve que amargar com mais algumas restrições”, avalia presidente sindicato de gastronomia sobre novas medidas contra covid

“o-setor-teve-que-amargar-com-mais-algumas-restricoes”,-avalia-presidente-sindicato-de-gastronomia-sobre-novas-medidas-contra-covid

Desde quarta-feira, restaurantes, bares e similares podem funcionar até 20 h.

)

Na compreensão do presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (SEGH) Região Uva e Vinho, Vicente Homero Perini Filho, as medidas impostas pelo decreto sugerido pela Amesne, e que estão em prática na cidade de Caxias do Sul desde quarta-feira (9), surpreenderam os empresários do setor.

A nova determinação, que terá uma vigência de 15 dias, permite funcionamento de bares, restaurantes e similares até 22 h. Sendo que os clientes na área interna precisar sair até 23 h 59. Além disso, não está permitida a música ao vivo.

Perini reforça que os empresários do setor precisam trabalhar com planejamento de médio prazo.

(Acompanhe a reportagem na íntegra em ouvir notícia )

intranet/userfiles/noticias/35d20af7e3eac339108744cd47ee9db2.mp3