Nova etapa do estudo sobre a prevalência da Covid-19 no RS inicia nesta sexta-feira (09)

Em Caxias do Sul, serão visitadas 500 residências. Voluntários realizam identificar e testículos de lá.

O estudo Evolução da Prevalência de Infecção por Covid – 19 no Rio Grande do Sul (Epicovid 19 – RS) inicia sua décima fase nesta sexta-feira (09). As visitas às residências para entrevista e realização do teste de para o novo coronavírus ocorre até 12 de abril (segunda-feira). Caxias do Sul é uma das nove cidades gaúchas que participam do levantamento.

Coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e desenvolvimento regionalmente pelo Instituto Pesquisas de Opinião (IPO), o estudo investiga a disseminação do novo coronavírus na população do Estado. A intenção é avaliar a prevalência de pessoas infectadas, medir a velocidade de expansão para contágio na população e determinar o percentual de infectados sem sintomas no RS. Em todo o Rio Grande do Sul, serão visitadas 4,5 mil residências.

Em Caxias do Sul, profissionais e acadêmicos voluntários da área da saúde visitarão 500 domicílios previamente sorteados. As equipes estão equipadas com EPIs para evitar o contágio.

Além da entrevista, será aplicada o teste Elisa (de para a covid – 19). O método de testagem demanda a coleta de amostra sanguínea (gota de sangue extraída da ponta do dedo) e os resultados divulgados aos participantes após análise de laboratório.