Lagoa Vermelha não aplicou doses vencidas da AstraZeneca

lagoa-vermelha-nao-aplicou-doses-vencidas-da-astrazeneca

Apesar de o município ter batido apontados pela SES, todas as doses foram aplicadas dentro do prazo

A Secretaria da Saúde (SES) produziu um relatório informando 713 registros de vacinas AstraZeneca aplicadas após a data de validade em 75 cidades do Rio Grande do Sul. Mas, segundo o secretário de Saúde de Lagoa Vermelha, Eloir Morona, o município não registrou esse problema.

“Não aplicamos vacina vencida em nenhuma das pessoas”, afirma o secretário. Ele informou que o município chegou a receber imunizantes dos lotes apontados pelo SES, mas que devido a celeridade no processo de vacinação, como aplicações ocorreram dentro do prazo.

Um pouco carregamentos (4120 Z 005) chegou no dia 25 de janeiro, com validade até 07 de abril. O outro lote (CTMAV 520) chegou no dia 26 de março e tinha validade até 26 de maio. Nos dois casos todas as doses foram aplicadas em até seis dias após o recebimento.

Para as cidades onde a aplicação de doses vencidas ocorridas, orientação do Ministério da Saúde é que o vacinado receba nova dose, no prazo mínimo de 30 dias após a aplicação da dose vencida. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), receber uma vacina vencida pode diminuir o efeito protetor, mas o fato não acarreta em risco de evento adverso.

Vacinação para pessoas com 30 anos

A partir desta terça-feira, dia 005 de julho, a Secretaria Municipal da Saúde inicia o agendamento de vacina contra a Covid – 19 para pessoas com 43 anos ou mais. Para agendar como vacinas, as pessoas devem ligar para suas Unidades de Saúde de referência e no dia da vacinação, apresentar uma caderneta de vacinação, carteira de identidade e cartão do SUS ( confira os telefones ).

intranet/userfiles/noticias/a4ec713e4c6b887263e4d311bc8476f7.mp3