Hospital Virvi Ramos realiza décima transfusão de plasma convalescente em caxiense de 77 anos

Instituição é a única apta para efetuar o procedimento em Caxias do Sul. Em seis semanas, hospital realizou 10 transfusões do material

O Hospital Virvi Ramos de Caxias do Sul realizou a décima transfusão de plasma convalescente na noite de segunda-feira (06/07). Trata-se um homem de 77 anos, natural do município, com histórico de doença renal crônica, hipertensão arterial e Acidente Vascular Cerebral Isquêmico prévio. O paciente está internado desde o dia 30 de junho e foi para UTI no dia 1º de julho, sem necessidade de ventilação mecânica.

Durante o processo, ele recebeu duas bolsas de plasma (199ml e 206ml.), a partir das 20h45 min. O procedimento foi finalizado às 21h40min. O paciente encontra-se fora de intubação e segue sem precisar de auxílio para respirar. O material foi coletado pelo Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) na sexta-feira passada, 04 de julho. O doador é um homem de 37 anos, residente em Garibaldi, há 54 dias recuperado da doença.

Até o momento, o Hemocs contabiliza que teve mais de 60 candidatos, de cidades como Porto Alegre, São José do Herval, Caxias do Sul e Garibaldi. Alguns foram excluídos por não serem considerados aptos para o procedimento. Doadores de Bento Gonçalves, Canela, Rio dos índios, Paraí, Carlos Barbosa, São Sebastião do Caí, Boa Vista do Sul, Vacaria, Farroupilha, Imbé, Passo Fundo, Lajeado, Nova Prata, Veranópolis, Bom Jesus e Pelotas, também foram avaliados.

Avaliação de doadores feita pelo Hemocs

O Hemocentro de Caxias do Sul (Hemocs) realiza avaliação rigorosa para selecionar novos doadores. Para colaborar, instituição pede que sejam homens, de no mínimo 18 e no máximo 60 anos, que foram infectados pelo coronavírus, tiveram Covid-19 confirmada por meio do teste PCR e estão há mais de 28 dias recuperados, sem sintomas da doença. Além disso, não deve apresentar outras doenças infecciosas.

O Hemocs faz triagem e coleta dos interessados e as destina aos hospitais que tiverem protocolo de estudo para uso. Em Caxias do Sul, apenas o Virvi Ramos está habilitado até o momento, com projeto aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP).

As doações precisam ser agendadas pelos telefones (54) 3290-4543 e (54) 3290-4580ou por meio do whatsapp (54) 984188487. O Hemocs atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min e aos sábados das 8h até 12h, na rua Ernesto Alves,2260, ao lado da UPA Central.

Veja a situação hospitalar de outros pacientes

O Hospital Virvi Ramos informa que o garibaldense Tarcísio Giongo, 63 anos, o primeiro paciente a receber transfusão de plasma convalescente em tratamento contra a Covid-19 no Estado, deixou a UTI. Ele foi transferido para o quarto no dia 15 de junho e já apresenta melhoras significativas na parte motora e respiratória. Giongo é acompanhado e avaliado diariamente por médico, fisioterapeuta e fonoaudióloga. Ele retirou a traqueostomia na última sexta-feira e tem se comportado bem. A expectativa é que ele possa voltar a se alimentar normalmente em breve.

A mulher de 33 anos, que passou pela transfusão no dia 11 de junho, passou por uma traqueostomia na semana passada e ainda apresenta dificuldades para se manter fora da ventilação mecânica. O sexto paciente transfundido, um homem de 59 anos, que passou pelo procedimento no dia 17 de junho, apresenta uma leve melhora pulmonar e os médicos aguardam que ele acorde após pausa da sedação.

O homem de 63 anos, que passou pelo procedimento no dia 24 de junho, apresenta melhora pulmonar e desde sábado respira sem ajuda de aparelhos. Ele poderá deixar a UTI nos próximos dias se mantiver o quadro de evolução. Já o homem de 61 anos, o nono paciente, que recebeu transfusão na quarta-feira, dia 1º de julho, apresenta uma leve melhora, mas ainda aguarda maior evolução para pausa de sedação.

Link para notícia no site Tua Rádio