Hospital Virvi Ramos abre oito novos leitos de UTI para combate à Covid-19 a partir de segunda-feira, em Caxias

Serão destinados para atender a UTI Adulto, com cinco reservados à rede pública de saúde e três ao sistema privado

O Hospital Virvi Ramos, em Caxias do Sul, inaugura a partir de segunda-feira (08/06) oito novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto destinados ao combate da Covid-19. Cinco serão para o Sistema Único de Saúde (SUS), custeados pela Prefeitura caxiense, e três para rede privada, a fim de atender convênios e particular.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a diretora executiva do hospital, Cleciane Doncatto Simsen, aborda que os leitos vieram numa época que é registrado aumento de quase 100% na ocupação. Esse cenário começaria neste mês e seguiria até setembro, devido ao aumento das doenças respiratórias decorrentes do inverno.

“A abertura dos novos leitos vai trazer uma segurança e tranquilidade, uma vez que não se esgotarão as vagas que pudessem vir a faltar para pacientes com Covid-19. A tendência é que tenha mais demanda para casos de coronavírus, pois pacientes podem piorar seu estado de saúde e precisarão estar na UTI.”, detalha.

O Município despenderia mensalmente de R$ 697.160,00 para oferta e manutenção das unidades SUS do Virvi Ramos. Conforme Cleciane, a abertura dos leitos foi possível pelo comprometimento do Executivo municipal em pagar esses valores, enquanto aguardam a habilitação junto ao Ministério da Saúde. Caso não fossem arcadas as despesas, ela acredita que o aval do governo federal poderia vir em julho ou agosto.

“Se a habilitação chegar ao longo desse período, parte do recurso passará a ser custeado pelo Ministério da Saúde. As habilitações têm demorado realmente, tanto que nós e o Hospital Pompéia estávamos esperando a autorização.”, salienta.

A partir da semana que vem, o hospital terá 18 leitos de UTI Adulto, com nove destinados para o SUS e nove para o sistema privado. Atualmente, existem 10 unidades. Quatro pacientes ocupam os leitos privados, com apenas um internado decorrente do novo coronavírus. Na rede pública, há uma pessoa hospitalizada, mas sem ser por Covid-19.

Clique na aba “Ouvir Notícia” e ouça a entrevista completa feita com a diretora executiva do Hospital Virvi Ramos, Cleciane Doncatto Simsen. Ela ainda falou sobre o quadro de saúde do paciente que recebeu a primeira transfusão de plasma convalescente do Rio Grande do Sul, além de falar sobre a situação atual do hospital para atender casos da Covid-19.

Link para notícia no site Tua Rádio