Governo do RS anuncia premiação de R $ 1,25 milhão para municípios que mais vacinarem

governo-do-rs-anuncia-premiacao-de-r-$-1,25-milhao-para-municipios-que-mais-vacinarem

Uma portaria com todas as regras e orientações sobre o prêmio será publicada nos próximos dias

Como forma de incentivo uma competição saudável para vacinação contra a Covid – 19 entre os municípios gaúchos, anunciou o governo do Estado, nesta quinta-feira (24 / ), uma proposta de incentivo às prefeituras, com duas premiações em duas datas, para que as cidades acelerem a imunização da população.

A proposta prevê R $ 1, 25 milhão, divididos em duas datas: R $ 625 mil no dia 20 de julho e outros R $ 625 mil em 20 de agosto. A premiação será repassada aos municípios que, proporcionalmente, mais vacinarem, de acordo com o número de doses aplicadas e emitidas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) sobre o número de doses distribuídas, em cada um dos quatro portes: acima 100 mil habitantes, de 99. 999 a 50 mil habitantes, de 49. 999 a 10 mil habitantes e abaixo de 10 mil habitantes.

“É uma corrida do bem que se se deseja para quem conseguir concluir a vacinação antes. Queremos dar incentivo aos municípios para que apliquem como vacinas rapidamente, porque isso é de interesse de todos, é para salvar vidas e para voltarmos à normalidade mais rapidamente ”, destacou o governador Eduardo Leite em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Segundo o governador, a proposta é que os valores da premiação nomeados na Atenção Primária em Saúde, que é responsabilidade dos municípios. “São recursos para aplicar na própria saúde, para que possa comprar equipamentos, reformar unidades de saúde, fazer investimentos na saúde primária do município e qualificar o atendimento à população. Queremos incentivar essa corrida do bem entre os municípios, garantindo aplicação rápida dessas doses que vamos distribuir rapidamente, pois temos um sistema de logística bem estruturado ”, reforçou o governador.

Uma portaria com todas as regras e orientações sobre o prêmio será publicada nos próximos dias, mas a ideia, conforme Leite, é antecipar o anúncio para que as prefeituras se organizem e possam realizar o processo de imunização da melhor forma possível.

Como será a premiação:

• Premia o primeiro lugar por estrato populacional, considerando as doses de vacinas produzidas no SIPNI (D1, dose única e D2).

• Como critério de desempate será avaliado o número de D2 aplicadas e relacionadas no SIPNI, sobre o número de doses distribuídas (multiplicado por 100).

• Pedido de aplicação do prêmio na Atenção Primária em Saúde.

• Publicação publicada, portaria orientando sobre o prémio.