Familiares identificam cadáver encontrado boiando no Rio Pelotas como sendo Patrick Vanz Zotti

No final da manhã desta segunda-feira, 19 de outubro, a equipe da Polícia Civil de Barracão foi acionada por causa do encontro de um corpo às margens do Rio Pelotas. Ao chegar no local, a equipe acionou a perícia para remoção do cadáver.

Como a Polícia Civil estava procurando por Patrick Vanz Zotti, foram chamados parentes que reconheceram o corpo como sendo do desaparecido. Sendo assim, confirma-se a linha inicial de investigação de feminicídio seguido de suicídio.

Segundo o delegado Falcão, os parentes reconheceram Patrick Zotti pelas roupas e pelas tatuagens ainda preservadas no cadáver.
A Polícia Civil vai finalizar as investigações e encaminhar o Inquérito Policial para o Poder Judiciário.

O corpo de Liliane, que era esposa de Patrick, também havia sido localizado boiando no Rio há alguns dias. O homem é suspeito de ter matado ela e depois se jogado junto com o corpo no Rio, com o intuito de cometer suicídio.

No final da manhã desta segunda-feira, 19 de outubro, a equipe da Polícia Civil de Barracão foi acionada por causa do encontro de um corpo às margens do Rio Pelotas. Ao chegar no local, a equipe acionou a perícia para remoção do cadáver.

Como a Polícia Civil estava procurando por Patrick Vanz Zotti, foram chamados parentes que reconheceram o corpo como sendo do desaparecido. Sendo assim, confirma-se a linha inicial de investigação de feminicídio seguido de suicídio.

Segundo o delegado Falcão, os parentes reconheceram Patrick Zotti pelas roupas e pelas tatuagens ainda preservadas no cadáver.
A Polícia Civil vai finalizar as investigações e encaminhar o Inquérito Policial para o Poder Judiciário.

O corpo de Liliane, que era esposa de Patrick, também havia sido localizado boiando no Rio há alguns dias. O homem é suspeito de ter matado ela e depois se jogado junto com o corpo no Rio, com o intuito de cometer suicídio.

Link para notícia no site Tua Rádio