Estudo da UFPel aponta que Caxias do Sul é uma das cidades que mais descumpre o distanciamento social no estado

Resultados da 8ª etapa da pesquisa foram divulgados nesta quinta-feira (10/09), por videoconferência do Governo do Estado

A 8ª rodada da pesquisa da prevalência da covid-19 no Rio Grande do Sul mostra que Caxias do Sul está novamente entre as cidades que mais diminuiu o distanciamento social. Os resultados foram divulgados em uma videoconferência feita pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (10/09), com o reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pedro Hallal. Esta fase aplicou 4,5 mil testes em nove cidades gaúchas (Canoas, Caxias do Sul, Ijuí, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Uruguaiana), no período de 4 a 7 de setembro.

De acordo com o estudo da Epicovid-19, o município caxiense é a terceira localidade em que a população não cumpre as medidas de isolamento. 40% dos entrevistados responderam que saem de casa diariamente, 49% respondeu que só para atividades essenciais e 11% disseram que ficam em suas residências o tempo todo. Santa Cruz do Sul e Passo Fundo completam esses indicadores. Anteriormente, Caxias do Sul era a segunda pior cidade neste quesito.

O estudo mostrou ainda que foram registrados 62 casos positivos da doença, em todas as cidades. Caxias do Sul contabilizou cinco contaminados, enquanto Canoas teve o maior número, com 19 pessoas diagnosticadas. Isso mostra que existe um infectado a cada 73 habitantes. De acordo com Hallal, esses números apontam uma maior prevalência da doença no estado, mas apresenta uma desaceleração. Em comparação a agosto, houve uma diminuição na proporção de infectados. Em setembro, foi contabilizado um percentual de 1,38% de contaminados, enquanto no mês passado era de 1,22%.

Esta foi a última etapa da segunda fase da pesquisa encabeçada pela UfPel no Rio Grande do Sul, com apoio de 12 universidades gaúchas. A Universidade de Caxias do Sul (UCS) é uma delas. O governo do Estado está em negociação para renovar o estudo para mais duas fases.

Link para notícia no site Tua Rádio