Emissão da Licença Prévia viabiliza andamento do projeto executivo do Aeroporto de Vila Oliva em Caxias

Agora, Prefeitura aguarda a aprovação do Termo de Referência pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC)
A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu nesta terça-feira (27/10) a Licença Prévia (LP) que garante os próximos passos para a construção do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, em Vila Oliva. A entidade aceitou a apresentação do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) feita pela Prefeitura de Caxias do Sul no mês passado.

Para a Tua Rádio São Francisco, o secretário municipal de Planejamento (Seplan), Adivandro Rech, afirma que o documento permite dar andamento ao processo licitatório. A pasta apenas aguardaria a aprovação do Termo de Referência pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) para prosseguir com a contratação do projeto executivo da obra. A previsão é que até o final de novembro seja iniciada a licitação.

Após a licença prévia, o Município ainda necessita emitir a Licença de Instalação (LI), para licitar a obra, e a Licença de Operação (LO), que permite o funcionamento do aeroporto. Rech ressalta que no mesmo edital do projeto executivo consta a proposta para realizar a Licença de Instalação. Após a escolha da empresa, a ideia é iniciar a obra até o início de 2021.

O empreendimento poderá receber aviões Boeing 737, terminal de passageiros de 4,7 mil m² e 500 vagas de estacionamento. Pátio com 26 mil m², pista com 1,9 quilômetros de comprimento e 45 de largura, podendo receber oito aeronaves simultaneamente.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Agora, Prefeitura aguarda a aprovação do Termo de Referência pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC)

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu nesta terça-feira (27/10) a Licença Prévia (LP) que garante os próximos passos para a construção do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, em Vila Oliva. A entidade aceitou a apresentação do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) feita pela Prefeitura de Caxias do Sul no mês passado.

Para a Tua Rádio São Francisco, o secretário municipal de Planejamento (Seplan), Adivandro Rech, afirma que o documento permite dar andamento ao processo licitatório. A pasta apenas aguardaria a aprovação do Termo de Referência pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) para prosseguir com a contratação do projeto executivo da obra. A previsão é que até o final de novembro seja iniciada a licitação.

Após a licença prévia, o Município ainda necessita emitir a Licença de Instalação (LI), para licitar a obra, e a Licença de Operação (LO), que permite o funcionamento do aeroporto. Rech ressalta que no mesmo edital do projeto executivo consta a proposta para realizar a Licença de Instalação. Após a escolha da empresa, a ideia é iniciar a obra até o início de 2021.

O empreendimento poderá receber aviões Boeing 737, terminal de passageiros de 4,7 mil m² e 500 vagas de estacionamento. Pátio com 26 mil m², pista com 1,9 quilômetros de comprimento e 45 de largura, podendo receber oito aeronaves simultaneamente.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio