em-tres-meses,-convenio-entre-ucs-e-prefeitura-de-caxias-realiza-a-castracao-de-1,6-mil-pets

Em três meses, convênio entre UCS e Prefeitura de Caxias realiza a castração de 1,6 mil pets

s procedimentos foram realizados entre setembro de 2023 até o dia 19 de janeiro de 2024

Em quase 100 dias, 1.688 cães e gatos de tutores de baixa renda foram castrados gratuitamente pela Prefeitura de Caxias do Sul, por meio de convênio firmado entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA) e a Universidade de Caxias do Sul (UCS). Os procedimentos foram realizados entre setembro de 2023 até o dia 19 de janeiro de 2024.

Pelo acordo, as castrações são realizadas no Instituto Hospitalar Veterinário (IHVET). Conforme levantamento repassado pelo diretor do IHVET, Leandro do Monte Ribas, do total de castrações, 871 foram feitas em machos e 817 em fêmeas. A média diária (contabilizados dias úteis) é de 24 cirurgias. No mesmo período (setembro a janeiro), foram 76 consultas clínicas, 10 de emergência, seis com especialistas e 530 diárias de internação.

Para as castrações solicitadas junto à SEMMA pelo convênio o transporte também é gratuito e agendado com antecedência pelos funcionários do IHVET. Nesse sentido, a UCS transportou 1.147 pets em quase quatro meses. A equipe diária de atendimento inclui duas telefonistas para agendamentos e quatro médicos veterinários (dois cirurgiões, um anestesista e um clínico-geral), além de bolsistas do curso de Medicina Veterinária. 

O contrato prevê ainda a utilização da unidade móvel do IHVET para a realização de castrações em machos – mutirões foram realizados nos bairros Santa Fé, Belo Horizonte, Jardim Eldorado, Ana Rech, Fátima Baixo e Villa Lobos. Essas ações são feitas pela UCS por meio de agendamento nas regiões em que verifica-se maior demanda de pedidos. O convênio atende aos cães e gatos recolhidos pelo Departamento de Proteção Animal (DPA) e aos que estão no Canil Municipal.

O relatório com o levantamento do IHVET também aponta que algumas castrações não são realizadas pelos seguintes motivos: não atendimento das ligações para agendamento (são feitas das 8h às 17h), falta de interesse dos tutores, pets já castrados, óbitos e fugas, além da não entrega dos bichinhos no horário combinado para o transporte. O contrato com a UCS tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.