Cesta Básica tem aumento de 0,85% em setembro; custo vai para R$ 943,00

Levantamento é realizado mensalmente pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES) da Universidade de Caxias do Sul
O valor da Cesta Básica em Caxias do Sul teve um aumento de 0,85% no mês de setembro em relação a agosto. Com isso, a cesta de produtos passou a custar R$ 943,00. O levantamento é do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES) da Universidade de Caxias do Sul, divulgado nesta terça-feira (27). Em agosto, a Cesta Básica estava cotada a R$ 935,03.

Segundo o IPES, a alta de R$ 7,97 em setembro é inferior à variação verificada no mês de agosto, de R$ 8,86. No período, observou-se que, dos 47 produtos que compõem a Cesta Básica, 16 aumentaram de preço, 29 tiveram seus preços médios reduzidos e 2 permaneceram com seus preços inalterados.

Os cinco produtos que mais contribuíram positivamente para a variação do custo da Cesta entre agosto e setembro foram a cebola, o arroz (polido e parboilizado), o açúcar cristal, o óleo de soja e a batata inglesa. Destacaram-se, pela redução de preços: o mamão, o papel higiênico, a alface, o xampu e a maionese.

Quanto ao Índice de Preços ao Consumidor de Caxias do Sul, também analisado pelo IPES, houve um aumento de 0,67% nos preços no mês de setembro de 2020, contra uma alta de 0,32% do mês anterior. Com esse resultado, a variação percentual acumulada nos últimos doze meses alcançou 4,43%, correspondendo a um aumento médio mensal no período de 0,29%. Esse resultado é superior ao mês anterior, que registrou um índice acumulado de 4,07%.

Levantamento é realizado mensalmente pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES) da Universidade de Caxias do Sul

O valor da Cesta Básica em Caxias do Sul teve um aumento de 0,85% no mês de setembro em relação a agosto. Com isso, a cesta de produtos passou a custar R$ 943,00. O levantamento é do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES) da Universidade de Caxias do Sul, divulgado nesta terça-feira (27). Em agosto, a Cesta Básica estava cotada a R$ 935,03.

Segundo o IPES, a alta de R$ 7,97 em setembro é inferior à variação verificada no mês de agosto, de R$ 8,86. No período, observou-se que, dos 47 produtos que compõem a Cesta Básica, 16 aumentaram de preço, 29 tiveram seus preços médios reduzidos e 2 permaneceram com seus preços inalterados.

Os cinco produtos que mais contribuíram positivamente para a variação do custo da Cesta entre agosto e setembro foram a cebola, o arroz (polido e parboilizado), o açúcar cristal, o óleo de soja e a batata inglesa. Destacaram-se, pela redução de preços: o mamão, o papel higiênico, a alface, o xampu e a maionese.

Quanto ao Índice de Preços ao Consumidor de Caxias do Sul, também analisado pelo IPES, houve um aumento de 0,67% nos preços no mês de setembro de 2020, contra uma alta de 0,32% do mês anterior. Com esse resultado, a variação percentual acumulada nos últimos doze meses alcançou 4,43%, correspondendo a um aumento médio mensal no período de 0,29%. Esse resultado é superior ao mês anterior, que registrou um índice acumulado de 4,07%.

Link para notícia no site Tua Rádio