Caxienses são preferidos em lista de espera para segunda dose do Coronavac

Município padrão apenas 86% do quantitativo necessário para o reforço da vacinação de pessoas com 66 anos ou mais

Desde o último sábado (24) à tarde, uma Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul está colocando as pessoas que precisam fazer a segunda aplicação da vacina Coronavac / Butantan nesta semana, na lista de espera. Isso porque as doses destravadas para vacinar de idosos 66 anos ou mais acabaram. Segundo a massa, essas pessoas têm prioridade assim que o bloco receber novo lote, mas ainda não há previsão.

A Secretaria da Saúde também informou que, na última remessa que chegou ao município, foram cumpridos 86% das vacinas necessárias para aplicar uma segunda dose de Coronavac / Butantan em idosos de 66 anos ou mais. Em quantidade, isso representa cerca de 1,4 mil doses a menos do que o necessário.

Além disso, um SMS já notificou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a perda técnica de cerca de 10 % das doses de Coronavac / Butantan, porque grande parte dos frascos não tem o quantitativo necessário para 10 aplicações como prevê o fabricante. O problema também foi noticiado pelo Estado, pois, ocorre em diversos municípios.

Informações da secretaria dão conta de que, no sábado (24. 60 ), foram aplicadas 8. 481 vacinas contra a covid – 19 . O número soma 2. 982 aplicações da primeira dose para idosos de 60 anos ou mais e 5. 499 da segunda dose, para os de 66 anos ou mais. A ação de vacinação de sábado contou com três pontos de drive-thru e 41 Unidades Básicas de Saúde abertas.

Vacinação segue com a aplicação da primeira dose

Nesta terça-feira (27), segue a aplicação da primeira dose do imunizante para pessoas de 60 anos ou mais. Os pontos de vacinação são nas UBSs Cruzeiro, Esplanada, Vila Ipê, Reolon, Desvio Rizzo, Eldorado e Cinquentenário, das 10 h às 16 h. Além disso, o público alvo também pode se dirigir às Unidades Básicas Vacinadoras Centenário, São Ciro, Cristo Operário e Alvorada, das 8h às 10 h.

É obrigatório levar o documento oficial com foto e CPF; Cartão SUS (se tiver). A vacinação ocorre conforme houver disponibilidade de doses.