Caxias do Sul tem dois casos confirmados da queixa H3N2

Caxias do Sul tem dois casos confirmados da queixa H3N2

Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou como ocorrências nesta semana

A informação é da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Caxias do Sul faz parte dos 25 municípios gaúchos exigidos pela Secretaria Estadual da Saúde (SES), que registraram casos positivos para Influenza A – H3N2. Ao todo, o estado possui 105 ocorrências dessa linhagem do vírus, diagnosticados nesta semana. Para a Tua Rádio São Francisco, a diretora da Vigilância em Saúde do Município, Juliana Argenta, explica como foi realizada uma investigação de casos.

Segundo ela, o acompanhamento dos quadros de gripe é feito de duas formas. A primeira ocorre pelas internações hospitalares causadas pela doença, entrando no monitoramento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG / SARS). A equipe da SMS retira e envia ao Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (LACEN). A segunda é por meio de uma unidade sentinela do Município, que observa pacientes com sintomas gripais, introduzidos nos protocolos de Síndrome Gripal em acompanhamento ambulatorial. Neste, há um pacto com a SES e o Ministério da Saúde para coletas de Semânticos, em que são aos laboratórios de referência, um fim de identificar quais vírus circulam pela população, se é o da gripe ou o da Covid – 19.

Juliana confirma os dois casos de queixa H3N2 no município e conta o motivo da propagação dele neste momento. De acordo com ela, a disseminação da linhagem se dá pela baixa cobertura vacinal no Brasil, conseqüentemente, atingiu Caxias. É pedido que a população não vacinada vá para as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), onde são disponibilizadas como doses contra a gripe, e se imunizem. Quem está no grupo prioritário (gestantes, puérperas, trabalhadores de saúde, idosos, portadores de comorbidades e as crianças, principalmente como de seis meses a 5 anos completos) é solicitado com mais urgência. (Clique AQUI e confira uma declaração completa)

Ela ressalta que os sintomas da Influenza e da Covid – 19 são parecidos, mas apresentam algumas diferenças. Quem estiver com gripe pode apresentar dor no corpo, sensação de calafrio e febre, o que não se observa nos sinais de coronavírus. Juliana esclarece que queixa é difícil ter perda de olfato e paladar, que é característico da Covid – 19. (Clique AQUI e confira uma declaração completa) .

Para se vacinar, há o funcionamento das UBSs Cruzeiro, Esplanada, Vila Ipê, Reolon, Desvio Rizzo, Eldorado e Cinquentenário das 8h às 16 h. As demais Unidades atendem das 8h às h. No fim de semana do Ano Novo não ocorre a abertura das UBSs. A partir do dia 03 de janeiro de 2022 estão reabertas.