Casos ativos de coronavírus voltam a subir em Caxias

Em 1º de outubro, município chegou a registrar apenas 472. Quinze dias após, já são 914 pessoas com o vírus ativo
Caxias do Sul voltou a registrar o crescimento de casos ativos da Covid-19 nos últimos dias. Em 1º de outubro, o município chegou a apenas 472 pessoas com o vírus ativo. Quinze dias após, já são 914 casos em tratamento pela doença.

A inobservância das medidas para o enfrentamento da pandemia são um dos principais fatores para o crescimento dos casos na cidade. A preocupação é de que este crescimento ocorra em toda a região, podendo ocasionar o retorno da bandeira vermelha na região.

Segundo o secretário Municipal da Saúde, Jorge Olavo Hahn Castro, é possível constatar um aumento da movimentação na segunda quinzena de setembro, o qual está refletindo no crescimento dos casos.

Castro ainda alerta para obrigatoriedade do uso de máscara sempre que sair de casa, higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel e evitar as aglomerações.

A Prefeitura informa ainda o reforço nas fiscalizações para combater as aglomerações e outras discordâncias nos decretos municipais e estaduais.

Em 1º de outubro, município chegou a registrar apenas 472. Quinze dias após, já são 914 pessoas com o vírus ativo

Caxias do Sul voltou a registrar o crescimento de casos ativos da Covid-19 nos últimos dias. Em 1º de outubro, o município chegou a apenas 472 pessoas com o vírus ativo. Quinze dias após, já são 914 casos em tratamento pela doença.

A inobservância das medidas para o enfrentamento da pandemia são um dos principais fatores para o crescimento dos casos na cidade. A preocupação é de que este crescimento ocorra em toda a região, podendo ocasionar o retorno da bandeira vermelha na região.

Segundo o secretário Municipal da Saúde, Jorge Olavo Hahn Castro, é possível constatar um aumento da movimentação na segunda quinzena de setembro, o qual está refletindo no crescimento dos casos.

Castro ainda alerta para obrigatoriedade do uso de máscara sempre que sair de casa, higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel e evitar as aglomerações.

A Prefeitura informa ainda o reforço nas fiscalizações para combater as aglomerações e outras discordâncias nos decretos municipais e estaduais.

Link para notícia no site Tua Rádio