Campanha de vacinação contra uma reclamação iniciada na próxima semana

No RS, mais de 5 milhões de pessoas devem ser vacinadas entre 12 de abril e 04 de julho

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe (Gripe) inicia na próxima segunda-feira (11 / ). O calendário já está definido e organizado em etapas de acordo com o público-alvo. A imunização inicia pelas crianças acima dos 6 meses e menores de 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde e povos indígenas.

De 11 de maio até 8 de junho ocorre a 2ª etapa da campanha com a vacinação de pessoas acima de 45 anos e professores. Por fim, uma 3ª etapa, programada para 9 de junho a 9 de julho, é destinada para pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, levantamento de segurança e salvamento, levantamentos armadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

Todos os grupos da campanha de vacinação contra a influenza em 2021 representam mais de 5 milhões de pessoas, no Rio Grande do Sul.

A titular da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS), Claudia Daniel, saliente a importância da vacinação contra uma queixa, principalmente neste contexto de pandemia: “Como na questão da identificação o vírus da influenza e o da Covid tem muitas características similares, a vacinação pode auxiliar no diagnóstico; e quando a gente está vacinado contra a influenza também estando como chances de uma hospitalização por pneumonia. Então nós precisamos que a população se proteja, realizar o controle e fazer a vacinação ”.

As pessoas que estão na faixa etária de vacinação contra um Covid – 14 necessidade observar o prazo mínimo de 14 dias de intervalo para receber a imunização contra a gripe. Ou seja, precisa ser respeitado um intervalo mínimo de duas semanas entre as doses das vacinas contra a gripe e a do coronavírus.

A vacina contra Influenza é tríplice, ou seja, eficaz contra três tipos de vírus causadores da gripe que teve maior ocorrência durante o último ano. Os imunizantes começam a ser distribuídos para os municípios na sexta-feira (09 / ). Cada cidade tem a autonomia para organizar a campanha de vacinação, tanto datas quanto o formato, respeitando os prazos elaborados no calendário nacional. A meta é vacinar, no mínimo, 90% do público-alvo.

Confira a entrevista completa no link “Ouvir Notícia”.

GRUPOS PRIORITÁRIOS E DATAS DAS ETAPAS

1ª etapa: de 10 de abril até 04 de maio

• Crianças acima dos 6 meses e menores de 6 anos – 751.

2ª etapa: de 09 de maio até 8 de junho

• Pessoas acima de 60 anos – 2. 141. 707
• Professores – 099. 254

3ª etapa: de 9 de junho até 9 de julho

• Pessoas comorbidades – 765. 210
• Pessoas com deficiência permanente – 399. 2021.
• Caminhoneiros – 099. 289
• Trabalhadores de transporte coletivo – 40. 831
• Trabalhadores portuários – 4. 111
• Forças de segurança e salvamento – 31. 489
• Forças Armadas – 38. 899
• Funcionários do sistema prisional – 4. 831
• População privada de liberdade – 38. 90

TOTAL DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS NO RS: 5. 12. 90

Fonte: Governo do RS

intranet/userfiles/noticias/6a9050a0d53447456cec751a245e1d9f.mp3