Campanha de Vacinação contra a Poliomielite é prorrogada no Rio Grande do Sul

A meta de vacinação é de 95%
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, prevista para encerrar nesta quinta feira, 29/10, foi prorrogada devido a baixa cobertura no estado. Como explica Lisiane Dallagnese, coordenadora da vigilância em saúde de Marau, o Rio Grande do Sul vacinou, até o momento, 50% do público alvo, sendo que a meta mínima de imunizações é de 95%. No município, aponta Lisiane, a média de vacinação apresenta dados mais otimistas, Marau vacinou até a última sexta – feira, 23/10, cerca de 78% da população infantil.

Devem ser vacinados contra a poliomielite, doença causadora da paralisia infantil, crianças na faixa etária entre 0 e 5 anos incompletos. Ao mesmo tempo, está sendo realizada a Campanha de Multivacinação com o objetivo de imunizar crianças e adolescentes de até 15 anos que estão com o sistema de vacinação incompleto. Em ambos os casos os responsáveis pela criança ou adolescente devem ir até a unidade de saúde referente ao seu bairro e solicitar a vacinação. O atendimento é realizado pela parte da manhã até as 11h30 e à tarde das 13h às 17h.

A meta de vacinação é de 95%

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, prevista para encerrar nesta quinta feira, 29/10, foi prorrogada devido a baixa cobertura no estado. Como explica Lisiane Dallagnese, coordenadora da vigilância em saúde de Marau, o Rio Grande do Sul vacinou, até o momento, 50% do público alvo, sendo que a meta mínima de imunizações é de 95%. No município, aponta Lisiane, a média de vacinação apresenta dados mais otimistas, Marau vacinou até a última sexta – feira, 23/10, cerca de 78% da população infantil.

Devem ser vacinados contra a poliomielite, doença causadora da paralisia infantil, crianças na faixa etária entre 0 e 5 anos incompletos. Ao mesmo tempo, está sendo realizada a Campanha de Multivacinação com o objetivo de imunizar crianças e adolescentes de até 15 anos que estão com o sistema de vacinação incompleto. Em ambos os casos os responsáveis pela criança ou adolescente devem ir até a unidade de saúde referente ao seu bairro e solicitar a vacinação. O atendimento é realizado pela parte da manhã até as 11h30 e à tarde das 13h às 17h.

Link para notícia no site Tua Rádio