Bombeiros também serão vacinados contra Covid-19 no Estado

Bombeiros voluntários, cadastrados ou não no Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), assim como profissionais de campo da pesquisa Epicovid, were vacinados contra o coronavírus nos próximos dias no RS. Um total de 970 doses da reserva técnica que estava na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre, estão sendo distribuídas nesta sexta-feira (16 / 4 ), junto com os imunizantes recebidos no início da manhã.

“Os bombeiros voluntários estão na categoria de profissionais no combate à pandemia, ou seja, no transporte de pacientes Covid, fiscalização dos protocolos de distanciamento Controlado, organização de drive-thrus de vacinação e outras ações na rua. Como essa categoria não tinha sido contemplada anteriormente, estamos enviando doses agora. Eles se enquadram na resolução do Ministério da Saúde dos trabalhadores da força de segurança e salvamento ”, explicou Tani Ranieri, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). “Quem determinou a quantidade de doses a ser enviada a cada município foram os próprios gestores municipais, em um levantamento com as associações de bombeiros voluntários”, completou.

O Serviço Civil Auxiliar de Bombeiro (SCAB), regularizado no Estado em 2019, compreende uma atividade desenvolvida por pessoa física ou pelo ente federativo municipal, de forma supletiva e sob a cooperação, regulamentação, credenciamento e fiscalização do CBMRS. Também conhecido como bombeiros voluntários, o SCAB atua, sob coordenação do CBMRS, nas ações de prevenção e combate de incêndios, de buscas e salvamentos e ações de defesa civil, simultaneamente ou isoladamente, podendo somar-se ao efetivo das guarnições militares, mediante Termo de Adesão Individual ou Termo de Cooperação (Estado-Município).

O CBMRS publicou a exigência necessária para o credenciamento das unidades de SCAB existentes no Estado, que possibilitará maior integração, padronização e controle do treinamento e atividades dos voluntários, garantido a segurança tanto de profissionais da comunidade em geral. Atualmente, oito credenciados adotam os procedimentos e requisitos necessários para a atividade do SCAB, e 27 já iniciaram o processo de credenciamento.