Ansiedade em tempo de quarentena

A entrevista completa com o psicólogo João Antunes está disponível no áudio da matéria

O isolamento e a quarentena são, até o momento, as principais medidas de prevenção a contaminação pelo novo coronavírus. A medida foi adotada por diversos estados brasileiros, incluindo o Rio Grande do Sul, a fim de controlar a disseminação da Covid – 19. Desta forma, muitos estabelecimentos tiveram seu atendimento reduzido ou suspenso, escolas e universidades suspenderam atividades presenciais e grande parte da população se concentrou em ficar em casa. 

A ação tem o objetivo de proteger a saúde física dos brasileiros, porém, a saúde mental e emocional também precisa receber atenção e prevenção neste momento. Para falar sobre o sentimento de ansiedade que muitas pessoas tem enfrentado neste período, a Tua Rádio Alvorada conversou com o psicólogo João Antunes. Segundo João, é comum o sentimento de angústia quando nos deparamos com uma situação como essa, a preocupação deve estar na forma com que ela se apresenta. Para Antunes, são perceptíveis diferentes interpretações em relação ao isolamento e quarentena, para alguns o sentimento é de prevenção e necessidade e para outros de tristeza e ansiedade. 

O psicólogo chama a atenção para o público idoso, segundo ele, as pessoas com idade mais avançada já carregam com si uma “bagagem” e o isolamento social pode ser um transtorno, principalmente pelo fato de que alguns idosos necessitam do contato com as demais pessoas e se sentem melhores quando conseguem exercer a sua autonomia, indo até o mercado fazer as suas próprias compras, por exemplo.  

O conselho que o psicólogo dá para as pessoas que têm se sentido mais ansiosas neste período é refletir sobre o que está sentindo e utilizar dos meios de comunicação, inclusive redes sociais, para se sentir mais próximo de familiares e amigos que neste período precisam ficar distantes.

A entrevista completa com João Antunes está disponível no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio