Irmãs de São José vão lançar livro que conta a história de Maria da Paz

A religiosa foi responsável pela criação da Fazenda São José, que acolhe e trata dependentes químicos

A congregação das Irmãs de São José está em Lagoa Vermelha desde 1920. No mesmo ano, nascia em Banto Gonçalves a irmã Maria da Paz, que teria sua vida dedicada à caridade e uma melhoria da vida dos mais necessitados. A religiosa viveu muitos em Lagoa Vermelha e teve impacto positivo na comunidade. Agora, a população é convidada a contribuir com relatos que ajudem a remontar a história de Maria.
As irmãs Iraci de Fátima Cirino dos Santos e Italvina Bavaresco explicaram, em entrevista à Tua Rádio Cacique, que um livro deve ser lançado, relembrando fatos marcantes da vida da religiosa.
Maria da Paz morreu em 2017, aos anos. Foi responsável pela criação da Fazenda São José, que acolhe e dependentes químicos trabalhos voltados à educação e saúde.
Quem quiser contribuir, poderá encaminhar os relatos à residência das irmãs, na rua Borges de Medeiros, 719, Centro de Lagoa Vermelha. Ouça a entrevista e saiba mais.

intranet/userfiles/noticias/c372126937e5572cee1f787eddde6945.mp3