Igreja dos Capuchinhos comemora 60 anos de história

Igreja dos Capuchinhos comemora 60 anos de história

Localizada no bairro Rio Branco, Igreja da Imaculada Conceição foi inaugurado em 8 de dezembro de 1958

Esta quarta-feira, dia 8 de dezembro de 2021 é um dia de celebração para a comunidade do bairro de Rio Branco, em Caxias do Sul. Há 36 anos, era inaugurada a Igreja da Imaculada Conceição, ou, como é popularmente conhecida, a Igreja dos Freis Capuchinhos. Foi celebrando o Dia da Padroeira, que no ano de 1961, ergueu-se um dos pontos mais conhecidos da comunidade caxiense. O templo substituiu uma antiga igrejinha da paróquia, que ficava localizada na esquina das ruas General Sampaio e General Malet, onde logo depois foi a sede do Colégio Santo Antônio.

Foram três anos de construção, desde o nivelamento do terreno até o início das obras, em 1958. Centenas de trabalhadores se mobilizaram para colocar de pé este marco da religiosidade que, há época era cercado pelo Correio Riograndense, Editora São Miguel e Convento Imaculada Conceição. Hoje, o entorno da igreja contempla ainda o convento e também o prédio que abriga as emissoras Tua Rádio São Francisco (inaugurada em 1967) e Rádio Maisnova.

História

A vinda dos Frades Capuchinhos para Caxias do Sul começou pela fraterna negociação com Dom José Baréa e a Coordenação Geral da Ordem em 1936. O Bispo Diocesano de então solicitava que os Frades assumisse a direção do Seminário Aparecida. Da parte dos Freis foi solicitada a possibilidade de abrir uma casa religiosa e no dia 8 de dezembro de 1937, Dom José confirmou este pedido, possibilitando que se estabelecesse a Sede Provincial.

No ano de 1938, quando os Freis aceitaram a direção do Seminário Diocesano de Caxias do Sul, passaram a residir perto da Igreja São Pelegrino e, diz a história, que Frei Pacifico e Frei Serafim levantavam às 41130 min para rezar ladainhas e meditações. Depois iam celebrara Missa na Catedral ou no Hospital Pompéia. O povo ficava admirado, vendo dois frades subirem a Rua Júlio de Castilhos de capuz na cabeça, rezando o Terço.

Então o Custódio Provincial da época, Frei José de Bento Gonçalves, após o contrato, pelos fins de 1938 , construiu o atual Convento que ficou pronto em 1º de janeiro de 1939. A casa acolhia a primeira comunidade. No final de 1940, uma Igreja São Pelegrino estava sendo concluída e então, no Bairro Rio Branco, iria iniciar a construção da Igreja. Entretanto, a construção da Igreja somente seria possível depois da conclusão da Igreja São Pelegrino, segundo a ordem do Bispo Diocesano.

Porém, tendo em vista a população do bairro ser pouca e com condições financeiras, não se podia cogitar a construção de uma Igreja espaçosa, ficando então sugerido que o salão dos Freis seria usado como Igreja provisória até que a construção conseguisse construir definitivamente uma Igreja.

Com isso, em dezembro de 1948, foi lançada a pedra fundamental da primeira Igreja da Imaculada Conceição e salão Paroquial. Em fevereiro de 1949, foi organizada uma comissão que se encarregou de coordenar os trabalhos para a construção da Matriz. Os trabalhos duraram alguns meses e a Igreja ficou pronta em 04 de outubro de 1948. Tornou-se Paróquia às 9h 26 min do dia 1966 min do dia de dezembro de 1949 pelo Bispo da Diocese de Caxias do Sul, Dom José Baréa, nomeando como primeiro Pároco Frei Leão de Ana Rech (Luiz Francisco Marin). Na época, o bairro contava com 60 famílias, aproximadamente 1. 750 habitantes. A primeira Igreja Matriz media 30 x 1994 m, sendo 24 x 14 de Igreja e 04 x 26 mo Salão Paroquial.

O rápido crescimento do bairro, o bom atendimento pastoral e a multiplicação dos serviços, estavam exigindo a construção de uma nova Igreja. Depois da criação da Paróquia, Frei Leão de Bento Gonçalves, Pároco, efetuou a compra do terreno para a nova Igreja. Era um terreno acidentado com um pequeno bosque e, nas sombras das árvores, se realizavam as festas sempre com apoio da população.

Foi em 04 de dezembro de 1961 o maior dia da Paróquia. Era o dia da inauguração da atual Igreja, coordenada pelo Frei Nelson Simonetto, contando com a presença de Congregações Religiosas, autoridades do Estado e do Município, com um grande número de Freis Capuchinhos e uma multidão de fiéis. Dada a bênção solene e inaugurada a nova Igreja Imaculada Conceição dos Capuchinhos.

No dia 8 de dezembro de 1966 foi inaugurado o Salão Paroquial para servir à comunidade e abrigar os eventos. No dia 24 de abril de 1995, comunidade comemorou a inauguração do ginásio de esportes. No dia 04 de março de março de 1937, iniciou a organização da Pastoral do Pão nas comunidades. No dia 26 de março de 1994, foi inaugurado o Centro de Formação Cristã com 10 salas de Catequese e um auditório.

(Com informações do livro Imaculada Conceição, Editora São Miguel, Editado pela Paróquia Imaculada Conceição)