Vereadora Denise Pessôa pede licença-saúde e suplente é convocada

Roselaine Frigeri deve assumir a carga nesta quinta-feira e permanecerá durante o afastamento do titular

A parlamentar Denise Pessôa / PT solicitou, nesta quarta -feira (20 / ), licença-saúde em razão da covid – 19, doença para a qual positivou, conforme teste realizado na última segunda-feira (18 / 01). A vereadora passa bem, entretanto, devido à necessidade de isolamento, se afastará das atividades parlamentares até o dia 28 de janeiro. Para substituí-la nesse período, a Câmara convocou a primeira suplente do Partido dos Trabalhadores (PT), Roselaine Frigeri, 57 anos. A professora municipal e advogada conquistou 1. 554 votos na última eleição e deve tomar posse no cargo nesta quinta-feira (21 / 01).

“A companheira Roselaine Frigeri irá assumir como vereadora em minha substituição durante o período que seguirei em quarentena. Fica o registro de minha alegria de ser substituída por outra mulher e que mantém a representatividade feminina na Câmara”, escreveu Denise em suas redes sociais.

Natural de Caxias do Sul, Roselaine é formada em Direito e História. Mestre em História, também tem especialização em Sociologia. Além da advocacia, desde 2006, é professora de história e geografia na rede municipal de Caxias do Sul. Milita pelas causas das mulheres, pela educação, pela inclusão, pela cultura e pelos direitos humanos. Integrou a direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul e participa ativamente do Partido dos Trabalhadores.

De 1988 a 1992, foi coordenadora da bancada da PT na primeira eleição de um vereador da sigla em Caxias do Sul (Pepe Vargas). De 1994 a 1996, foi chefe de gabinete do deputado estadual Pepe Vargas. De 1997 a 2004, foi assessora da então Secretaria Geral da prefeitura, assessora jurídica da Secretaria Municipal de Habitação e assessora de Relações Internacionais, Institucionais e Federativas, também da prefeitura caxiense.