Veadora sugere a criação de renda básica emergencial em Caxias do Sul

Vereadora Estela Balardin (PT) expôs a ideia na sessão da Câmara da última quinta-feira (25/02)

A vereadora Estela Balardin (PT) sugeriu que o Legislativo caxiense, em conjunto com a prefeitura, deva pensar em uma renda básica emergencial que ajude parte da população que vive em vulnerabilidade social, diante da pandemia do coronavírus. Segundo Estela, durante sessão da Câmara, na última quinta-feira (25/02), a atual realidade jogou boa parte da população mais pobre da cidade para um status de vulnerabilidade social nunca visto antes.

Um ponto de destaque da parlamentar foi sobre o custo de vida em Caxias do Sul, que tem aumentado exponencialmente. Estela argumentou que esse aumento nos gastos da população com serviços básicos (mercado, gasolina, transporte) impede que sejam investidos recursos no comércio da cidade, ou seja, acarretando problemas na economia do município.

A vereadora Denise Pessôa (PT), que defende uma renda de ajuda emergente o quanto antes, complementou.

O vereador Sandro Fantinel (PATRIOTA) destacou que o presidente Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm buscado maneiras de retornar com o Auxílio Emergencial.

Mesmo com ressalvas em relação à distribuição de renda via governos, o vereador Maurício Marcon (NOVO) apoiou e parabenizou Estela pela manifestação.

Olmir Cadore (PSDB), líder do governo Adiló Didomenico (PSDB), também elogiou a vereadora e prometeu levar a ideia ao prefeito.

Ao final, Estela afirmou que o debate sobre os problemas financeiros da sociedade não terá fim enquanto não for amplamente discutido.

intranet/userfiles/noticias/3f656b262a32e039f8e658e20a5844da.mp3