Situação dos recicladores de Caxias repercute na Câmara de Vereadores

situacao-dos-recicladores-de-caxias-repercute-na-camara-de-vereadores

Vereadora Denise Pessôa (PT) alertou sobre a situação e defendeu a importância do incentivo à reciclagem

A vereadora Denise Pessôa (PT) defendeu a importância do incentivo à reciclagem, durante uma sessão da Câmara desta quarta-feira (06 / 10). A problemática do parlamento com a situação em que vivem os recicladores em Caxias do Sul.

Segundo Denise, no município, existem 12 reciclagens conveniadas com a Prefeitura. Ou seja, todo o lixo reciclável Deveria ser distribuído entre as elas. Porém, relatou que, muitas vezes, isso acaba não ocorrendo. “Quando levam, o que é reaproveitado à margem de 10% a 20% do lixo”, destacou. Ela afirmou que, com a pandemia, aumentou o número de trabalhadores que reciclam e que é preciso olhar com responsabilidade, para a situação da categoria.

Denise requisitosu as exigências para a realização de um trabalho adequado, como esteiras, prensas e novos equipamentos, e que tudo custaria em torno de R $ 250 mil. “Esse é um valor pequeno, se olharmos para todas as demandas”, ponderou.

A vereadora ainda relembrou sobre o Fundo Municipal de Fomento a Reciclagem, o EcoFundo, um projeto do Executivo que foi aprovado no final do ano passado. Ele visa repassar recursos para as reciclagens e melhorar as condições da rotina diária dos colaboradores. “Foi aprovado, mas ainda nada foi repassado”, afirmou.

Os vereadores Lucas Caregnato (PT), Maurício Scalco (Novo), Olmir Cadore (PSDB) e Sandro Fantinel (Patriota) parabenizaram a parlamentar pelos temas e pelas técnicas trazidas à sessão da Câmara.