Legislativo caxiense reinstala Frente Parlamentar de Acompanhamento da Codeca

A duração do grupo, que terá foco assuntos ligados à Codeca, vai até 31 de dezembro de 2024

A Frente Parlamentar de Acompanhamento da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) foi reinstalada, por unanimidade, durante a sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (23 / 02).

O vereador Adriano Bressan (PTB) acrescentou mais informações sobre a trajetória da companhia. ”É momento de acompanhá-la e de trabalhar, junto com os parlamentares, para a recuperação dessa grande empresa, que nos orgulha em Caxias do Sul”, defende o petebista.

O vereador Elisandro Fiuza (Republicanos), defende que seja feito um planejamento estratégico de médio e longo prazos por parte da atual gestão, não há sentido de atender melhor à população. Sugeriu uma implementação de uma parceria público-privada.

Na opinião da vereadora Denise Pessôa (PT), torna-se necessário também olhar com mais atenção aos profissionais que atuam na Codeca, neste momento de pandemia, para que sejam vacinados contra o coronavírus, já que cuidam da limpeza da cidade, mas ficam suscetíveis por estarem cotidianamente em contato com os resíduos. A petista precisa que uma companhia invista no setor de Obras que dispõe, para que tenha rentabilidade.

Na opinião do vereador Maurício Scalco (NOVO), é preciso transparência nos números da companhia.

O requerimento que consulta a retomada da frente está assinado pelos vereadores Adriano Bressan (PTB), Alexandre Bortoluz (PP), Clovis Xuxa (PTB), Gladis Frizzo (MDB), Maurício Marcon (NOVO), Maurício Scalco (NOVO), Ricardo Daneluz (PDT), Sandro Fantinel (PATRIOTA), Tatiane Frizzo (PSDB) e Wagner Perini (PSB).

intranet/userfiles/noticias/3861b8e3fe7a9a9f66fda4f3e803dc07.mp3