Legislativo caxiense aprova criação da Frente Parlamentar do Tradicionalismo Gaúcho e Fomento Rural

legislativo-caxiense-aprova-criacao-da-frente-parlamentar-do-tradicionalismo-gaucho-e-fomento-rural

Grupo foi articulado pelo vereador Ricardo Daneluz (PDT) e terá uma duração de três anos

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul aprovou, por unanimidade, nesta quinta-feira (22 / 07), a criação da Frente Parlamentar do Tradicionalismo Gaúcho e Fomento Rural. A ideia foi sugerida pelo vereador Ricardo Daneluz (PDT) e terá uma duração de três anos.

Daneluz explicou que há vários assuntos específicos a serem discutidos nessa frente, destacando a criação do Parque Rural e a potência econômica do setor. “Além da riqueza cultural, o tradicionalismo traz uma riqueza econômica grande. A roda de negócios é de uma grandeza imensurável ”, avalia o pedetista, citando também várias entidades ligadas ao segmento.

Nenhum texto do requerimento, os autores realçam que está entre os objetivos do grupo o de contribuir com atividades da cultura gaúcha (artística e campeira) e rural. Os parlamentares relatam que Caxias do Sul tem o maior número de entidades tradicionalistas do Brasil, com 90 Centros de Tradições Gaúchas (CTGs), o que leva a cidade a ser conhecida mundialmente como a Capital Gaúcha dos CTGs . “Nesta Frente Parlamentar, vamos buscar apoio para idealizar o tão sonhado Parque Rural. Um local para eventos do movimento rural e tradicionalista, que elenque desde feiras do agronegócio, induzindo de animais e produtos, regionais até esportes equestres, alavancando a economia da cidade, gerando empregos e contribuindo para a cultura gaúcha ”, escrevem os autores.

Demandas ligadas à agricultura e à pecuária e que fazem relação com o tradicionalismo gaúcho também foram classificadas na justificativa para a implantação da frente.

Favorável à iniciativa, o vereador Adriano Bressan (PTB) ressalta a necessidade de incentivo de geração e renda no eixo do tradicionalismo. Já o líder de governo na Câmara, o vereador Olmir Cadore (PSDB) lembrou que uma pandemia afetou diversos setores, incluindo o tradicionalismo e, em sua opinião, a frente vem para auxiliar. Também se manifestou favorável ao vereador Clóvis Xuxa (PTB) que observou potencial para se incrementar o turismo rural.

Também assinam o requerimento (52 / 2021) que implanta a frente os parlamentares Adriano Bressan (PTB), Alexandre Prestes Bortoluz (PP), Clóvis Xuxa (PTB), Zé Dambrós (PSB), Juliano Valim (PSD), Lucas Caregnato (PT), Marisol Santos (PSDB), Maurício Marcon (NOVO), Maurício Scalco (NOVO), Olmir Cadore (PSDB), Rafael Bueno (PDT), Renato Oliveira (PCdoB) e Sandro Fantinel (PATRIOTA).