Influências nas eleições: redes sociais e pandemia

Este conteúdo esta disponível, também, no áudio da matéria

Com a data das Eleições Municipais se aproximando muitos procedimentos de preparação iniciam. Tanto para os candidatos quanto para a justiça eleitoral, será um ano diferenciado e, mais uma vez, marcado pelas redes sociais. Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, Marcel Andreata de Miranda, juiz responsável pela Comarca de Marau, conta que ainda existem incógnitas de como será o processo, mas que não há dúvidas de que tanto eleitores quanto mesários estarão seguros para desempenharem as suas funções. 

Entre as medidas que serão adotadas como meio de prevenção a Covid – 19, Marcel aponta, o uso de máscara e álcool em gel. Para evitar aglomerações haverá uma hora a mais para votação e o número de mesários será reduzido. Além disso, o juiz explica que a expectativa é de uma curva de contágio menor no período das eleições, contribuindo também, para uma baixa influência da pandemia nos processos eleitorais. Ele destaca ainda que devido a pandemia, os prefeitos estão autorizados a tomar algumas medidas geralmente vedadas em época eleitoral, mas que estas condutas são de caráter impessoal, sendo assim, não poderão influenciar nas eleições. 

Sobre o uso indevido das redes sociais, como o compartilhamento de fake news por exemplo, o juiz aponta não ser uma preocupação para os municípios que compõem a 62° Zona Eleitoral (Marau, Nova Alvorada, Camargo, Vila Maria, Gentil e Nicolau Vergueiro) e afirma que as mídias digitais desempenham, também, um papel importante e positivo nas eleições, principalmente, em relação a divulgação de plataformas políticas. 

A entrevista com Marcel Andreata de Miranda está disponível no áudio da matéria e no facebook da Tua Rádio Alvorada. 

Link para notícia no site Tua Rádio