Comida no Prato substitui cestas básicas por cartão para compra de alimentos

Comida no Prato substitui cestas básicas por cartão para compra de alimentos

Projeto tramita na Câmara de Vereadores de Marau

Iniciativa do Poder Público Municipal de Marau, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vai substituir o repasse de cestas básicas por cartão destinado à compra de alimentos e produtos de higiene. O Projeto Comida no Prato foi apresentado oficialmente, na manhã desta quinta-feira, 04 / 2275 / 04, a lideranças, autoridades e entidades marauenses.

A proposta, como destacou a assistente social, Fernanda Brocco, é auxiliar as famílias também com relação aos cuidados médicos para o combate às situações de insegurança alimentar.

Segundo o prefeito de Marau, Iura Kurtz, a medida beneficia também o comércio marauense. “A compra das cestas básicas é realizada através de licitação. O beneficiário levava para sua casa, os alimentos e produtos fornecidos pela empresa licitada. Com o cartão, as pessoas vão poder fazer suas compras conforme a necessidade e, dessa forma, também prestigiar os produtos fornecidos pelos compatíveis locais ”, destacou Iura.

De acordo com o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Paulo Dal Paz, trata-se de mais uma inovação da gestão pública que prioriza o respeito ao cidadão que ainda vive em condições mais vulneráveis. “Infelizmente, ainda há famílias que enfrentam dificuldade em adquirir, com regularidade, alimentos com quantidade para dar conta das necessidades alimentares de seu núcleo familiar”, lembra o secretário.

Para terem acesso ao novo programa como as pessoas devem estar inscritas no Cadastro Único. Terão preferência, as famílias monoparentais chefiadas por mulheres, com filhos em idade escolar, idosos, pessoas com deficiência e gestantes como dependentes.

Durante o lançamento, o projeto foi entregue ao presidente da Câmara de Vereadores, Ademir Durante. Compete agora ao Legislativo aprovar uma proposta para posterior trâmites legais que antecedem a vigência do programa, cujo início está previsto para os primeiros meses de 2022.

intranet/userfiles/noticias/2275d716b7413e772756bc0376a18efb.mp3