Municípios gaúchos poderão colaborar com rede estadual sobre mudanças climáticas

Municípios gaúchos poderão colaborar com rede estadual sobre mudanças climáticas

No Rio Grande do Sul, cinco municípios abastecem o sistema com informações: Canoas, Dois Irmãos, Nova Santa Rita, Porto Alegre e São Leopoldo. O objetivo é ter a adesão de mais cidades

O Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), convida a todos os municípios gaúchos a realizarem o cadastramento, gratuito, em plataforma mundial de dados sobre mudanças climáticas, que pode auxiliar na tomada de decisões sobre o tema. O sistema de informações foi apresentado a representantes de prefeituras em evento realizado no dia 1º de agosto pela Sema com o apoio da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), que sediou o encontro.

O evento contou com a palestra de Andreia Banhe, gerente sênior do CDP, uma organização internacional sem fins lucrativos fundada em 2000, na Inglaterra, por um grupo de cientistas que identificou a falta de informações sobre o clima para a tomada de decisão dos investidores.

Andreia falou sobre os benefícios aos municípios que alimentarem a plataforma com os seus dados, como acesso a rede de parceiros, monitoramento das ações ambientais, gestão de dados, oportunidades de financiamento e visibilidade internacional.

 “O CDP é uma plataforma que monitora como os municípios e Estados estão enfrentando os compromissos climáticos. É um sistema para os municípios monitorarem suas ações e servirá para o Estado entender como os municípios estão agindo frente às mudanças do clima”, explicou Andreia.

Não há um prazo máximo para o cadastro, porém as prefeituras que alimentarem a plataforma até 12 de agosto receberão uma avaliação e um relatório personalizado, além de um certificado.

No Rio Grande do Sul, cinco municípios abastecem o sistema com informações: Canoas, Dois Irmãos, Nova Santa Rita, Porto Alegre e São Leopoldo. O objetivo é ter a adesão de mais cidades.

Para participar, de forma gratuita, a prefeitura deverá encaminhar um e-mail para reportecer@cdp.net, que enviará um link personalizado para acessar a plataforma. As informações também estão disponíveis no site www.cdp.net.

Os projetos do Estado relacionados ao tema estão disponíveis no site www.proclima2050.rs.gov.br.