Ecoturismo pode ser alternativa nas férias de inverno

Observação de aves e contato com a natureza são possibilidades em alta

 Das 10 mil espécies de aves existentes no mundo, 1,9 mil podem ser encontradas no Brasil, sendo que cerca de 250 são vistas apenas em terras brasileiras. A diversidade de características e comportamentos atraem um segmento do ecoturismo que vem movimentando a economia brasileira e mundial: a observação de aves, também conhecida como birdwatching. A prática já mobiliza cerca de 30 mil brasileiros, segundo a organização Conservação Internacional.

Só a Mata Atlântica, bioma localizado predominantemente na costa brasileira, reúne 45% das espécies de aves presentes no País. A prática, além de divertida, faz bem para a saúde e para a conservação da natureza. Qualquer pessoa pode observar aves no quintal, em praças e principalmente em áreas protegidas, como parques e reservas. Registrar a ave observada é bem importante para ajudar a identificar a espécie e isso pode ser feito em um caderninho ou em aplicativos como o E-bird, que gera informações para observadores e cientistas do mundo todo.

A administradora da Reserva Natural Salto Morato, localizada em Guaraqueçaba (PR) e mantida pela Fundação Grupo Boticário,  Ginessa Correa Lemos, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta quinta-feira.

Confira na íntegra.

 

 

A saber: Para observar aves, é preciso disposição e paciência. No início, os registros podem ser feitos com o celular e a olho nu, mas os binóculos são equipamentos que se tornam fundamentais com o tempo. Fica mais fácil usando trajes adequados e confortáveis para o contato com a natureza, de cores camufladas para evitar que os pássaros dispersem. Também é importante ficar em silêncio e manter certa distância para não assustar as aves.

As primeiras horas da manhã e o final da tarde são os horários de maior atividade das aves, mas algumas espécies têm hábitos diferentes. Por isso, é importante estudar as características do pássaro antes de tentar procurá-lo. O contato com a natureza pode ainda trazer benefícios para a saúde física e mental, já que reduz o estresse e relaxa a mente.

 

Link para notícia no site Tua Rádio