Conheça os diferenciais dos cafés especiais

Colhidos manualmente e feitos com processo artesanal, conferem sabor, cor e experiência diferente dos demais

Os termos café tradicional, superior, especial, entre outros, são termos usados principalmente para definir o nível de qualidade de cada grão.

De acordo com a Metodologia de Avaliação Sensorial da SCA (Specialty Coffee Association), usada no mundo todo, Café Especial é todo aquele que atinge, no mínimo, 80 pontos na escala de pontuação da metodologia (que vai até 100), sendo avaliados atributos como aroma, uniformidade, ausência de defeitos, doçura, sabor, acidez, harmonia e outros.

No Brasil, existem vários produtores em regiões diferentes. Com o objetivo de ajudar a formar uma cultura de apreço ao café de qualidade, a empreendedora Mariana Thomé e a barista Marília Zanelato atuam na Caffea. A empresa distribui cafés especiais cultivados nas fazendas brasileiras que seguem os princípios de equilíbrio ecológico e padrão de qualidade.

Mariana e Marília falaram sobre as características dos cafés especiais em entrevista ao programa Temática na manhã desta terça-feira. Segunda elas, o melhor do café especial brasileiro está na proposta de mudança de cultura a partir de uma xícara de café produzido em ecossistema equilbrado que serve como antídoto para a correria atual e contemplação.

Confira a entrevista na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio