Caxias do Sul ganha projeto de parque para animais em substituição ao Canil Municipal

caxias-do-sul-ganha-projeto-de-parque-para-animais-em-substituicao-ao-canil-municipal

O Parque Municipal de Proteção Animal foi apresentado nesta semana aos vereadores caxienses. Iniciativa também colocaria fim a ideia do Centro de Bem-Estar Animal

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) lançou um projeto que vai deixar em desuso o Canil Municipal de Caxias do Sul. Nesta semana foi apresentado o Parque Municipal de Proteção Animal aos vereadores, durante um encontro no auditório na sede da Prefeitura. A iniciativa também substituiria a ideia do Centro de Bem-Estar Animal, que teve o processo licitatório cancelado em junho deste ano.

O parque terá três divisões: uma área de preservação; um parque para visitação e lazer da comunidade, com monumento à lembrança dos animais, local para despedida do animal, sede administrativa (com CTI de resgatados, consultório para atendimento dos animais do canil), casa das ONGs; e o centro de proteção, com adequados em diferentes modalidades para cães e gatos. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o titular da Semma, João Osório Martins, afirma que o local será transformado da área urbana, a fim de dar tranquilidade aos animais. Atualmente, o Canil sofre com barulhos e um espaço pequeno, o que prejudica a estadia dos animais. Segundo ele, há áreas no interior em análise para receber o projeto, que custaria cerca de R $ 3 milhões aos cofres públicos. A procura é por um lugar com 26 hectares, para acolher, além de cães e gatos, outras espécies, como cavalos e vacas.

O projeto também tem um sistema de coleta de dejetos e limpeza do alojamento com perturbação mínima dos animais, e proteção para não haver contaminação do solo. Martins conta que já tem uma quantia da verba encaminhada, como parte de compensações das estradas que o Município fez e precisou cortar árvores nativas. Conforme ele, a Prefeitura estaria em dívida com o meio ambiente e parte desta área aberta seria para abrigar o parque.

O projeto ainda não possui prazo para início. O secretário diz que iniciativa vai tomar forma a partir do ano que vem, com o início da licitação. Antes, ele acredita que vai ser necessário passar o projeto pela Câmara de Vereadores.

Clique AQUI e confira uma entrevista completa.