Vereadores caxienses repercutem situação dos distritos atingidos pelo temporal

vereadores-caxienses-repercutem-situacao-dos-distritos-atingidos-pelo-temporal

O vereador Ricardo Daneluz (PDT) utilizou o grande expediente para tratar do tema

A situação dos distritos de Santa Lúcia do Piaí e Vila Oliva, após terem sido atingidos por um temporal, com chuva de granizo e tornado, na manhã desta segunda-feira (20 / 09), repercutiu entre os vereadores caxienses, na sessão da Câmara desta terça-feira (21 / 09). Carca de 20 casas foram atingidas em Santa Lúcia e cerca de 30 casas em Vila Oliva, além do centro comunitário, salão paroquial, aviário e a escola.

O vereador Ricardo Daneluz (PDT) utilizou o grande expediente para tratar do tema. Ele afirmou que, em conversa com o prefeito Adiló Didomenico (PSDB), sugeriu algumas medidas para mitigar os efeitos para os moradores das comunidades atingidas. “Coloco a questão de um decreto de calamidade, que pode ajudar as famílias que têm financiamentos, a prorrogar isso para minimizar os prejuízos. Uso também a utilização do Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural ”, disse Daneluz. Na manhã desta terça-feira, a Prefeitura de Caxias do Sul confirma que irá situação de emergência devido ao temporal.

Em aparte, o vereador Sandro Fantinel (PATRIOTA), afirmou que manteve contato com o deputado federal Bibo Nunes (PSL) para falar sobre a situação. Fantinel, o deputado solicitou um documento assinada por um técnico sobre os prejuízos, para ser entregue ao ministério da Agricultura Tereza Cristina, com o objetivo de conseguir recursos federais.

O líder de governo na Câmara, vereador Olmir Cadore (PSDB) destacou que é preciso pensar para o futuro novos planejamentos para que os efeitos de fenômenos como o ocorrido nos distritos sejam mitigados para os moradores. “Os danos foram em casas, mas muito forte também na agricultura. Caxias está triste por esse episódio ”, disse Cadore.

O vice-líder de governo, o vereador Adriano Bressan (PTB) pediu apoio aos deputados estaduais e federais.

O presidente da Comissão de Agricultura, Agroindústria, Pecuária e Cooperativismo, Lucas Caregnato (PT), reforçou uma parceria dos moradores e a importância de se fazer uma previsão de recursos para os próximos anos. Dessa forma, ele acredita que o poder público poderá atender melhor as famílias em situações de calamidade como esta.

Ainda conforme Daneluz, técnicos da Emater juntamente com uma Secretaria de Agricultura realizavam mapeamento na região atingida, na manhã desta terça-feira.

Também se manifestaram os vereadores Clóvis Xuxa (PTB), Zé Dambrós (PSB), Elizandro Fiuza (Republicanos), Tatiane Frizzo (PSDB).

Além da SMOSP, a Habitação, Defesa Civil, Guarda Municipal, Agricultura, FAS, Urbanismo e SAMAE, Bombeiros e RGE auxiliam a população atingida.