Serra Gaúcha permanece em classificação de risco médio para Covid-19

Redução de hospitalizações e óbitos por Covid-19 contribuiu para manutenção. Internações em UTI na região teve incremento de 11% na última semana.

O mapa preliminar do Distanciamento Controlado foi divulgado nesta sexta-feira (05) pelo governo do Rio Grande do Sul e traz novamente a Serra Gaúcha na bandeira laranja. Isso significa que a região é considerada de risco epidemiológico médio para Covid-19.

A manutenção da bandeira ocorreu por conta da diminuição das hospitalizações em geral de pacientes confirmados com Covid-19. Na última semana a queda foi de 17%, passando de 153 para 127. Com relação à Síndrome Respiratória Aguda Grave, enquanto há sete dias havia 101 internados, a quantidade de pacientes aumentou para 105 no último dia. No caso de leitos clínicos, o número de pacientes caiu de 113 para 87 (-23%). E com relação aos internados por Covid-19 em leitos de UTI, o aumento foi de 11%, passando de 83 para 92 pacientes.

Dos seus quatro indicadores regionais, Caxias do Sul alcançou classificação de risco máximo (bandeira preta) em um deles. É o caso do número de hospitalizações por Covid-19 para cada 100 mil habitantes. Quanto aos óbitos, foi observada uma redução de 33%, sendo que nesta semana houve registro de 20 mortes, enquanto na anterior foram 30 óbitos.

A região da Serra também atua com o modelo de Cogestão, ou seja, os protocolos seguidos podem ser mais flexíveis do que os estabelecidos pelo governo estadual. Na prática, podem ser utilizadas regras da bandeira amarela. O mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (08).

Veja mais informações AQUI.