Sem lockdown, Prefeitura de Caxias do Sul anuncia medidas mais restritivas para conter avanço da Covid-19

Com suspensão de serviços públicos, efetivo de fiscalização das medidas contra a Covid – 19 será intensificada
)

O prefeito Adiló Didomênico, acompanhado por secretários municipais, realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (04) para anunciar novas medidas para conter avanço do contágio por Covid – 19. Entre as novas regras está a suspensão dos serviços públicos não essencial a partir deste sábado (04) até na próxima semana.

Com isso, alguns servidores serão direcionados para o setor de fiscalização, para reforçar o efetivo que o visto garantir o cumprimento das regras: “Com a restrição em relação a outras atividades externas que o município vai deixar de atender e com uma possibilidade de uma prefeitura não receber público, nós poderemos dedicar um maior número de servidores para esse trabalho de fiscalização e teremos um incremento bastante grande nas equipes ”, disse o diretor de fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo, Rodrigo Lazarotto.

Durante a coletiva também foram anunciadas novas medidas como restrições a alguns setores do comércio, aos horários de transporte coletivo, manutenção da suspensão das aulas presenciais, reorganização dos atendimentos em UBSs entre outras. Veja abaixo.

Aumento de internações de pacientes de menor faixa etária

A secretária municipal da Saúde, Daniele Meneguzzi, também saliente durante a coletiva que a situação em Caxias do Sul está grave diante do esgotamento de leitos de UTI e curva crescente dos casos. Ela também chamou a atenção para o fato de que as internações de jovens estão cada vez mais ocorridas, enquanto a de idosos, principalmente da faixa etária já imunizada, está estável. “Temos pacientes jovens, de faixas etárias de 50, 30, 25 anos aguardando leitos de UTI. Também atribuímos ao fato de que Caxias conseguiu avançar a vacinação de idosos de forma rápida. Hoje, dos 40 pacientes que aguardam por leito de UTI, apenas um tem mais de 80 anos . Isso demonstra que a vacinação é sim uma saída, muito embora não possa ser encarada como algo que nos permita abandonar os cuidados ”, saliente.

Ela também afirmou na ocasião que o expressivo aumento dos números pode ser atribuído a diversos fatores, inclusive à circulação da variante amazônica do vírus.

Sobre o calendário de vacinação a titular da Saúde afirmou: “A expectativa de chegada de novas doses é para uma segunda quinzena de março. Nos meses de abril e maio teremos um grande volume de vacinas disponibilizadas e acreditamos ainda que até o mês de julho, no máximo ”.

A Secretaria da Saúde também garantiu o aumento de disponibilização de testes rápidos, por meio de uma parceria entre a prefeitura e classe empresarial que lidera a campanha Caxias Contra a Covid – 19.

Confira as principais medidas do novo decreto municipal que entra em vigor a partir deste sábado (06 / 03):

– Suspensão do atendimento presencial ao público externo nas unidades de governo da Administração Direta e Indireta, exceto o atendimento de serviços essenciais como saúde.

– Os supermercados, sacolões, e similares produtos externos para comercialização de alimentos, bebidas, produtos de higiene e limpeza. Fica proibida a comercialização de produtos da linha branca (eletrodomésticos), flores, confecções, calçados e utensílios domésticos.

– O comércio não essencial pode funcionar somente em tele atendimento e tele entrega.

– O transporte coletivo urbano, o transporte intramunicípio e o transporte transporte por lotação vão operar em linhas especiais, que serão definidas pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMTTM).

– Por enquanto a indústria segue operando com capacidade de 75% e as demais atividades desenvolvidas regradas pelo Decreto Estadual de acordo com os protocolos da bandeira preta .

intranet/userfiles/noticias/3f9add3a1ad25c33144cabcfdc03ef20.mp3