RS é mantida na bandeira preta pela sexta semana consecutiva

Elevação no número de óbitos e sobrecarga nos hospitais motivaram uma classificação mais restritiva do Distanciamento Controlado

O Governo do Rio Grande do Sul divulgou no final da tarde desta sexta-feira (02 / 04) a classificação das bandeiras na 48 ª rodada do Distanciamento Controlado. Todo o Estado permanece na bandeira preta pelos próximos sete dias.

Esse já é o mapa definitivo, sem possibilidade de envio de pedidos de reconsideração, devido à gravidade do cenário. A cogestão regional, por sua vez, está permitida.

A elevação de 16% no número de óbitos em uma semana, que é o maior registro desde o começo da pandemia. (de 1. 824 para 2. 124), e a continuidade da sobrecarga no sistema hospitalar foram dados decisivos para a manutenção da bandeira preta.

Nesta semana, houve redução no número de confirmados com Covid – 19 em leitos clínicos (- 20%), assim como leve queda nenhum número de internados pela doença em leitos de UTI (-4%). Mesmo assim, o RS segue em alerta máximo referente à pandemia de Covid – 19.

Quanto à cogestão, o sistema permite que os municípios adotem critérios diferentes da bandeira preta, porém eles não podem ser mais flexíveis do que a bandeira vermelha. Porém, diante do cenário de gravidade, o governo estadual prorrogou até 09 de abril a suspensão de atividade não essencial das 20 h às 5h .