Quais os efeitos da cafeína para as gestantes

quais-os-efeitos-da-cafeina-para-as-gestantes

Nutricionista, fala sobre os riscos para a mãe e o bebe

São muitos os cuidados que a futura mamãe tem que ter durante o período de gestação , parte deles, ligados à alimentação. Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, a nutricionista Ana Daniela Carnieletto, falou sobre a relação das gestantes com a cafeína e alertou para os possíveis riscos. Segundo ela, a substância produz uma ação energética no corpo, que resulta na aceleração dos batimentos cardíacos e deixa a mente mais acelerada, essa pode passar da mãe para o bebe. Além disso, uma cafeína recebendo a absorção de nutrientes importantes, como o ferro, por exemplo.

Algumas hipóteses mais raras, porém muito preocupantes, também foram destacadas pela nutricionista. Em alguns casos, o consumo excessivo de cafeína pode resultar na diminuição do crescimento da criança, o que representa um peso baixo no nascimento. Há o risco também, de um nascimento prematuro espontâneo ou de um abortoânio.

Um nutricionista explica que o corte da cafeína vai além da retirada do café da rotina. Alguns chás, o chimarrão e até mesmo alguns alimentos como o chocolate também devem ser evitados. Algumas pessoas, apresentam maior dificuldade nessa restrição, para elas, existem algumas opções, como o consumo de descafeinados ou o controle de doses. De acordo com um estudo realizado pelo Colégio Americano de Obstetrícia e Ginecologia, o limite de consumo para gestantes é de 200 miligramas por dia, já a Associação de Atlética Americana aponta para 300 miligramas diárias.