Prefeitura de Marau encaminha projeto para compra de vacinas contra o coronavírus

Compra será feita caso o plano de imunização do Ministério da Saúde apresente falhas

A administração de Marau vai encaminhar para um projeto Câmara de Vereadores o de lei que autoriza o município a adquirir vacinas contra o coronavírus. Segundo o prefeito Iura Kurtz, é o primeiro passo para deixar o local preparado para efetuar a compra das vacinas, caso os governos estadual e federal não disponibilizem como doses necessárias para a imunização dos moradores de Marau.

Conforme Kurtz, o projeto de busca de segurança jurídica ao processo. A compra de vacinas será feita caso os demais administradores falhem no processo de imunização da população. “Não há estimativa de dados ou de doses pretendidas, mas o município precisa estar preparado para quando houver possibilidade legal de compra direta”, explicado ele que nesta semana esteve em Porto Alegre e protocolo de interesse de compra – a exemplo dos demais municípios da região, da vacina russa Sputnik V.

Na oportunidade, o consultor da União Química Rui Willig, que informar um documento, informado que com a produção própria do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) será possível, a partir do mês que vem, começar a fabricar no Sputnik V. A vacina contra a covid – 19 desenvolvida pela Rússia revelou uma eficácia de 91, 6% contra as formas sintomáticas da doença, segundo resultados publicados no início de fevereiro na revista médica The Lancet e validados por especialistas independentes.